Sofisticação de bem viver: conheça a trajetória da designer caxiense Margaret Telles De Zorzi - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Sociedade03/07/2020 | 15h43Atualizada em 06/07/2020 | 08h43

Sofisticação de bem viver: conheça a trajetória da designer caxiense Margaret Telles De Zorzi

Advogada estabelecida, ela resolveu aprimorar seu talento se formando em Design, atividade que exerce há 10 anos

Sofisticação de bem viver: conheça a trajetória da designer caxiense Margaret Telles De Zorzi Alex Battistel/Divulgação
Margaret Telles De Zorzi Foto: Alex Battistel / Divulgação

Olhar o mundo e fazer dele um referencial para o bem viver é uma das facetas da designer caxiense Margaret Telles De Zorzi. Advogada estabelecida e com especialização na área, ela se desafiou a um novo aprendizado e foi atrás de aprimorar um talento que já exercia no cotidiano, formando-se então em Design, atividade que exerce há dez anos.

– Sempre tive uma tendência para a arte. Ser designer de interiores é uma satisfação pessoal, embora viva momentos estressantes – avalia Margaret, lembrando de projetos que teve que executar em três dias, por exemplo. 

Leia  mais
Cores e sabores de Genoveva Finkler: artista rememora diferentes fases da carreira
Prazer em conhecer: primeira-dama de Caxias do Sul conta como leva a vida sempre disposta a ajudar o próximo

Enfrentar e vencer obstáculos é com ela mesma. Em sua trajetória profissional, contabiliza feitos como a participação no reality House Hunters International, exibido no ano passado pelo canal Home & Garden Television, no qual mostrou o projeto de uma casa típica nordestina concebida com os confortos do modo de vida norte-americano.

Margaret Telles De ZorziFoto: Alex Battistel / Divulgação

– Sempre gostei muito de desafios. Sou persistente, não aceito não como resposta. Acho chato quem fica puxando para trás. Com esse projeto do reality fui longe. A repercussão internacional foi bacana. Subi mais um degrau na minha profissão. Um presente de honra da minha vida e do meu trabalho – avalia ela, em uma das salas do apartamento em estilo vitoriano no edifício Parque do Sol, em Caxias.

Casada com João Batista De Zorzi, mãe de Lilian e Adriane, filha de Euclides de Lima Telles (in memoriam) e Rosa de Souza Telles, Margaret diz que sua fonte de pesquisa para os projetos é estar atenta ao seu redor.

– Minha biblioteca é o mundo. Sou uma observadora atenta, tenho olhar de raio x. Minhas filhas não têm paciência de sair comigo, pois estou olhando para tudo o tempo todo – conta a designer.

Nessa busca recorrente por referências, Margaret diz que encontrou seu estilo.

– Trabalho com o moderno e o contemporâneo, mas gosto de dar sempre um toque neoclássico para dar sofisticação aos ambientes  – explica.

Nos périplos pelo mundo, entre viagens pela Europa, Estados Unidos e Emirados Árabes, sem esquecer-se das paradas pelos endereços da família em Gramado, Itapema e Fortaleza, Margaret conjuga trabalho e lazer.

– Eu e meu marido adoramos botar o pé na estrada. Viajar é um grande prazer, pois estou sempre aprendendo. A melhor cultura se absorve assim.

Nesse vai-e-vem, nossa entrevistada nos conta que sempre arranja um tempinho para dar suas caminhadas para renovar o viço de seus 65 anos.

– É a hora em que medito, coloco as ideias em ordem e converso comigo mesma. Tenho pensado que este momento da pandemia nos fez aguçar nosso sentido de solidariedade. Minha alegria é ver as pessoas felizes – afirma.

Top 5 do design
:: Sergio Rodrigues
:: Irmãos Campana
:: Oscar Niemeyer
:: Frank Gehry
:: Philippe Starck

Leia também
"Estado de coma indefinido em que a orquestra foi colocada nos causa um sofrimento muito grande", diz maestro Manfredo Schmiedt
UCS Orquestra encerra atividades em 2020
A arte não para #4: longe do set, cineasta caxiense Le Daros não para de criar e dirigir

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros