Frei Jaime: o problema de chutar o balde é ter que ir buscar depois - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Opinião29/07/2020 | 08h00Atualizada em 29/07/2020 | 08h00

Frei Jaime: o problema de chutar o balde é ter que ir buscar depois

O ser humano carrega consigo a capacidade de reagir diante das diferentes situações

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Abrindo os olhos aos poucos... Com a sensação de que a noite passou rápida demais... Vamos lá para mais uma jornada... O mês de julho decidiu ir embora, só está arrumando as últimas coisas... No tempo que passa, a vida acontece e a esperança se fortalece... Feliz quarta-feira! 

"O problema de chutar o balde é ter que ir buscar depois." 

O ser humano carrega consigo a capacidade de reagir diante das diferentes situações. As reações praticamente revelam um pouco dos diferentes traços da personalidade. A maior parte não se permite reagir impulsivamente, pensa muito antes de responder, quando surpreendidos por manifestações pouco confortáveis. Porém, alguns emocionalizam o que ouviram e proferem palavras desencontradas e distantes da harmonia. Aqueles que facilmente chutam o balde, depois acabam tendo que ir buscá-lo, para dar continuidade à vida. As pessoas que perdem facilmente o controle emocional sofrem e fazem sofrer.             

Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

É evidente que, em alguns momentos, a situação fica complicada, mesmo assim não convém se desestruturar, pois em nada soma para a solução de um referido problema. Chutar o balde é fragilizar a postura, abandonar o respeito e deixar transparecer a falta de autocontrole. Neste período onde as pessoas, por causa do cenário mundial, vivem vários dilemas, as doenças emocionais têm se manifestado, inclusive através da violência doméstica. Não são poucas as pessoas que cuidam da saúde física, mas se descuidam da saúde emocional. 

Os sintomas das dificuldades advindas das emoções desencontradas podem ser percebidos na ausência da paciência, na desproporcional tonalidade da voz, na intolerância, na autossuficiência e no mau uso do poder. Como tudo seria diferente se as pessoas não chutassem, com tanta frequência, o balde. A solução, para os diferentes problemas, não é difícil de ser encontrada, basta manter a calma e ordenar os pensamentos para, posteriormente, emitir uma palavra. Entre tantos indicativos, para favorecer e proporcionar uma vida saudável, está o cultivo da paz. É maravilhoso conviver com pessoas calmas, ponderadas e controladas em suas palavras e atitudes. Tomara que o aprendizado deste tempo proporcione mais alegria e menos desencontros. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço! 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros