Publicitário gramadense participa de coletânea com texto sobre o isolamento social - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Literatura14/06/2020 | 10h00Atualizada em 14/06/2020 | 10h00

Publicitário gramadense participa de coletânea com texto sobre o isolamento social

Ricardo Bertolucci Reginato assina o conto "A máscara"

Publicitário gramadense participa de coletânea com texto sobre o isolamento social Renan Sandi/Divulgação
"Procurei construir um texto com um olhar mais poético, sensível, esperançoso talvez, com relação a tudo isso que está acontecendo", diz Ricardo Foto: Renan Sandi / Divulgação

É simbólico que o livro Quarentenas, reunindo 40 textos acerca do isolamento social, traga na epígrafe um fragmento do romance Encontro marcado, de Fernando Sabino. Na época em que a obra foi lançada, em 1956, Sabino tinha 33 anos, e amplificava ao mundo as inquietações de Eduardo, um alterego do autor, em busca de si mesmo e da verdadeira razão da sua vida. A obra leva o leitor a passear pelas ruas de Belo Horizonte conhecendo um pouco das gerações que por elas passaram e marcaram a cidade.

Leia ainda
Dinarte Albuquerque Filho lança novo livro de poesia, 'Fissura no asfalto'
Caxiense Marcos Mantovani lança novo romance
54º Concurso Anual Literário de Caxias do Sul consagra "Controle", de Natalia Borges Polesso, como Melhor Obra Literária

Além disso, o trecho de Encontro marcado, lido dentro da ótica do distanciamento social, acaba por assumir um tom profético: "De tudo, ficaram três coisas: a certeza de que ele estava sempre começando, a certeza de que era preciso continuar e a certeza de que seria interrompido antes de terminar. Fazer da interrupção um caminho novo. Fazer da queda um passo de dança, do medo uma escada, do sono uma ponte, da procura um encontro".

Enfim, nessa busca de coisas que ficaram por fazer, a editora gaúcha Palavra Bordada resolveu promover o lançamento de uma obra digital Quarentenas - textos de uma Quarentena Criativa. O e-book faz parte de um grande ato solidário, no qual 41 escritores brasileiros se reuniram e transformaram diferentes perspectivas da vida durante o isolamento social em um livro. São 41 autores para 40 textos, porque o conto Dados Suspeitos foi concebido  por Janderson Amaro e sua filha, Mariana Trindade, de 15 anos. Entre as temáticas, maternidade, home office, solidão, terceira idade e situações inusitadas fazem parte dos textos do e-book.

No percurso das 180 páginas do livro, que tem na capa a ilustração do artista visual gaúcho Jotapê Pax, estão registrados momentos vividos por autores residentes nos estados do Amazonas, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal. Eles foram selecionados em uma disputa que contou com a participação de 125 autores. Entre os escolhidos, 69,4% terão seus textos publicados pela primeira vez por uma editora.

Entre os estreantes, da Serra gaúcha, está o publicitário gramadense Ricardo Bertolucci Reginato, morador de Canela há um ano. Ricardo é autor do conto A máscara, que revela a amorosa relação entre um avô e o seu neto.

— Procurei construir um texto com um olhar mais poético, sensível, esperançoso talvez, com relação a tudo isso que está acontecendo. Quis construir um olhar mais carinhoso, porque tem uma obscuridade em todo esse assunto de coronavírus, e quis que meu texto tivesse um olhar mais afetivo — revela Ricardo Bertolucci Reginato, 30 anos, quase a mesma idade em que Sabino quando lançou Encontro marcado.

O publicitário diz ser admirador da obra de Lygia Fagundes Telles, Hilda Hilst e Anton Tchekhov.

— As inspirações que tenho são várias, sou devorador de livros, mas não me julgo competente em ter traduzido o estilo deles no meu texto — desconversa.

Além da motivação da publicação do seu conto, Ricardo ficou motivado por ser um projeto de ação social.

— Eu nunca tinha me aventurado a escrever em concurso. O que me interessou foi a possibilidade de ter um texto publicado, mesmo que eu ainda não fique à vontade com o título de escritor. E, quando percebi que se tratava de um projeto social, também achei interessante participar, porque estarei ajudando a quem precisa mais do que eu.

A obra está à venda por R$ 19,90, no site. O valor resultante da venda dos livros digitais será repassado ao Centro de Educação Profissional São João Calábria, instituição sem fins lucrativos de Porto Alegre (RS) que oferece cursos de qualificação profissional para jovens de 16 a 22 anos e realiza projetos sociais. Todos os serviços realizados pela Palavra Bordada são voluntários, ou seja, não são remunerados pela comercialização do e-book.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 12/06/2020. O e-book Quarentenas faz parte de um projeto que buscava novos escritores e também autores que queriam falar um pouco sobre a vida durante o isolamento. Na capa a ilustração é do artista visual gaúcho Jotapê Pax. (Reprodução/Divulgação)<!-- NICAID(14521164) -->
E-book é lançamento da editora Palavra Bordada e terá a revenda revertida para o Centro de Educação Profissional São João CalábriaFoto: Reprodução / Divulgação

Quarentenas - textos de uma Quarentena Criativa
A obra está à venda por R$ 19,90, no site.
O valor resultante da venda dos livros digitais será repassado ao Centro de Educação Profissional São João Calábria.

Leia também
Tríssia Ordovás Sartori: Quase pode ser tudo ou nada
Nivaldo Pereira: respostas ao tempo
Pesquisadora bento-gonçalvense resgata em livro a trajetória de pintora italiana do século 17
Socorro à cultura: Caxias do Sul deve receber R$ 3,1 milhões da Lei Aldir Blanc, se esta for sancionada

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros