Iniciativa da biblioteca pública de Bento Gonçalves espalha varais com poemas pela cidade - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Literatura03/06/2020 | 08h00Atualizada em 03/06/2020 | 08h00

Iniciativa da biblioteca pública de Bento Gonçalves espalha varais com poemas pela cidade

"Varal literário" convida as pessoas a levar as poesias para casa ou fotografar e postar

Iniciativa da biblioteca pública de Bento Gonçalves espalha varais com poemas pela cidade José Martim Estefanon/Divulgação
Educador social Robert Melo é o idealizador do projeto Foto: José Martim Estefanon / Divulgação

Sem atendimento aos leitores desde o começo da pandemia, a Biblioteca Pública Castro Alves, de Bento Gonçalves, buscou formas criativas para se manter próxima ao público neste período. A mais recente foi a criação de um “varal literário”, que espalha poemas curtos de autores brasileiros em lugares públicos. Os primeiros locais a receberem o varal, na semana passada, foram a Unidade de Pronto-Atendimento 24 Horas e o Lar do Ancião. Esta semana a iniciativa se estende até a Via Del Vino e deve ganhar novos pontos nos próximos dias. 

A ideia partiu do educador social Robert Melo, 20 anos, que também é um dos responsáveis pela curadoria. São escolhidos textos curtos e que carreguem mensagens positivas, sobre amor, felicidade, natureza ou saúde. Entre os “pendurados” figuram Mario Quintana, Cecília Meireles, Paulo Leminski, Carlos Drummond de Andrade, além do próprio Castro Alves, entre outros. 

- Estamos todos de alguma forma sendo afetados por essa situação difícil, e acreditamos que uma instalação poética pode ser uma forma de levar um alívio para as pessoas, sabendo que a palavra tem o poder de levar carinho e provocar reflexão. Especialmente a poesia, que tem um impacto muito forte - destaca o educador. 

Projeto da Biblioteca Pública Municipal de Bento Gonçalves leva poesia a lugares que estão engajados no combate ao coronavírus, como a Unidade de Pronto-Atendimento 24 Horas.<!-- NICAID(14513136) -->
Foto: Jose Martim Estefanon / Divulgação

Ao deparar com os poemas, as pessoas são convidadas a retirar do varal para levar ou fotografar e postar nas redes sociais, marcando os perfis da biblioteca e da secretaria de Cultura. Robert acrescenta que também foram tomadas precauções sanitárias:

-  Junto ao varal fica um cartaz que pede para que as pessoas evitem se aglomerar, deixando que cada um leia de uma vez, e que evitem tocar nos poemas caso não forem levá-los. 

A ação foi elogiada pelo secretário de Cultura de Bento Gonçalves, Evandro Soares:

- É uma ação cultural muito nobre e acolhedora. Levar para a comunidade de como a Literatura pode transmitir um universo de boas palavras e sentidos que trazem um afago, um abraço, que vai de encontro àquele sentimento e situação que estamos passando.

A equipe da biblioteca também aproveitou o período da quarentena para levar às pessoas contações de histórias e recitais de poesia, que podem ser conferidos na pagina Biblioteca Pública Castro Alves, no Faceboook, e nos perfis @culturabento no Twitter e no Instagram. Também é possível acessar pelo site www.cultura.bentogoncalves.rs.gov.br.

Leia também
Conselho de Política Cultural de Caxias promove conversa sobre o edital estadual FAC Digital
Selo caxiense Honey Bomb lança coleção de camisetas
Quer arrasar na cozinha? Experimente fazer picanha ao forno com molho de mostarda
Artistas caxienses ministram oficinas de arte em projeto do Sesc-RS
Banda Dall libera faixa remixada 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros