Frei Jaime: a jornada existencial é feita de incontáveis sorrisos - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião05/06/2020 | 08h00Atualizada em 05/06/2020 | 08h00

Frei Jaime: a jornada existencial é feita de incontáveis sorrisos

O sol tem uma santa teimosia: se ele não puder brilhar, aos menos ele dá conta de clarear

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O amanhecer acontece dentro da normalidade da natureza... A claridade, aos poucos, afasta a escuridão e inunda a face da terra com a sua luz... Depois da densa escuridão, a luz do sol, apesar das nuvens, dá um jeito de fazer o dia brilhar... O sol tem uma santa teimosia: se ele não puder brilhar, aos menos ele dá conta de clarear... Quanto aprendizado advindo da natureza... Nenhuma pessoa nasceu para não brilhar... Claro, algumas preferem a escuridão da acomodação... Sejamos luz! Feliz primeira sexta-feira do mês! 

"E se der vontade, chore! Chore o quanto quiser, mas quando terminar faça o que for preciso, para nunca mais chorar pelo mesmo motivo." 

O ser humano é chamado à vida e à construção da sua identidade. Tornar-se pessoa é um processo que envolve tempo e muito aprendizado. A evolução acontece a partir da interação, das trocas e do desejo profundo de crescer, em todos os sentidos. Ao longo dos dias, os sentimentos se alternam e os momentos exigem a incrível capacidade de administrar as emoções e curar as dores. A jornada existencial é feita de incontáveis sorrisos. São tantos momentos de alegria, que fica inviável fazer um cálculo da quantidade de sorrisos.                  

Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

No entanto, as lágrimas facilmente são quantificadas. A grande maioria sabe dizer quantas vezes chorou e os motivos pelos quais deixou rolar poucas ou muitas lágrimas. A cultura influenciou, por muito tempo, a questão da demonstração dos sentimentos. Talvez seja por isso que a maior parte das pessoas, em outras épocas, se escondiam para chorar ou disfarçavam, para que os outros não percebessem as lágrimas. Se tiver vontade de chorar, não reprima esse sentimento, mas não deixe de entender as próprias lágrimas, pois cada gota tem um motivo e aguarda por um aprendizado. 

Se as lágrimas foram derramadas por causa de uma dor emocional ou por um problema específico, é importante localizar a causa e tentar resolver a situação, para não ser necessário chorar novamente pelo mesmo motivo. Os sorrisos iluminam a vida e os ambientes, as lágrimas curam a alma. O importante é aprender a lição e buscar solucionar os problemas do cotidiano. Chorar é para um momento, depois a vida deve seguir em frente. Muitas pessoas choram com frequência, mas não conseguem fazer um esforço para resolver o que está atrapalhando a felicidade. A vida precisa dar certo, mesmo que seja necessário intercalar lágrimas e risos. A dor é proporcional ao amor. Quem muito ama, mais facilmente derrama lágrimas de emoção e de dor, também. A vida é um mistério a ser revelado continuamente. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço! 

Leia também
Como empreendedores de Caxias estão enfrentando as incertezas causadas pelo coronavírus
Artistas caxienses contam como tentam se adaptar à nova realidade temporária, após a pandemia

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros