Frei Jaime: a cada novo dia, novas oportunidades - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião03/06/2020 | 09h39Atualizada em 03/06/2020 | 09h39

Frei Jaime: a cada novo dia, novas oportunidades

Quem cultiva a paciência desenvolve a inteligência vivencial

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A claridade avança, aos poucos, e traz um novo dia para todos nós... Que bom fazer parte desse universo, onde existe um movimento que oportuniza vida e permite a renovação da esperança... Viver é muito bom... Superar crises e dificuldades é a nossa especialidade... Porém, nosso desafio é a paciência... Às vezes ela foge... Quem cultiva a paciência desenvolve a inteligência vivencial... Que este dia seja um dia do bem... Força e fé! 

"Nascer é milagre, estar vivo é presente, ter saúde é bênção, viver em paz é felicidade. Você já se deu conta disso?" 

Viver é o maior de todos os empreendimentos. Ninguém nasce sabendo tudo, mas o aprendizado está ao alcance de todos. A cada novo dia, novas oportunidades, novos recomeços. Uma fonte de ensinamento são os próprios erros. Porém, para aprender com os desencontros existenciais é necessário ter assimilado a humildade. As pessoas que entendem o valor de ser humilde conseguem avançar e abraçar a realização. Na verdade, a humildade previne e resolve a maior parte dos problemas do cotidiano. 

As muitas preocupações e a velocidade de uma sociedade, que nem sempre sabe porque está correndo, tiram das pessoas a oportunidade de agradecer os muitos milagres do dia a dia. Nem todos se dão conta de que nascer é um milagre, estar vivo é um presente, ter saúde é bênção e que viver em paz é felicidade.               

Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

Para dar-se conta é preciso estar focado na vida, que é o que existe de melhor. Quem não louva e agradece o dom da vida, como pode ser viver feliz? A grande maioria passa a valorizar a saúde, depois da visita da doença. O coração deveria pulsar não apenas pelo desejo de consumo, mas pela valorização dos pequenos detalhes. De nada adianta correr, acumular, esbanjar, se a vida é um instante. Mas não um instante cronológico, um tempo que pode significar a eternidade. 

O momento atual é propício para acordar e perceber quantas razões estão evidentes, que justificam a importância de continuar acreditando e investindo na graça de estar vivo. A felicidade não depende do bolso, embora todos precisam do necessário. A verdadeira felicidade é experimentar a paz e viver a partir dela. A paz não tem preço, nem é encontrada à venda. A paz brota de um coração que sabe agradecer, pois percebe que tudo é dádiva. É claro que a falta do essencial pode comprometer a dignidade. Mas quando uma família vive em paz, a felicidade desconhece a distância. Que os dias sejam de esperança, que a busca pela paz possa fazer parte das tarefas diárias. Viver não é difícil, basta não complicar. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço! 

Leia também
Como empreendedores de Caxias estão enfrentando as incertezas causadas pelo coronavírus
Artistas caxienses contam como tentam se adaptar à nova realidade temporária, após a pandemia

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros