Frei Jaime: é preciso perder para saber que tinha valor - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião06/05/2020 | 08h00Atualizada em 06/05/2020 | 08h00

Frei Jaime: é preciso perder para saber que tinha valor

A relação humana é o espaço da alegria, da felicidade e da realização

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A quarta-feira tem um toque especial... Ela inspira ternura... Nunca estivemos tão carentes de abraço como agora... Talvez poucos sabem o quanto um abraço é especial... Mais uma vez a verdade se evidencia: é preciso perder para saber que tinha valor... Mas nosso coração compreende que tudo voltará ao normal e que seremos mais humanos e menos complicados. Tomara! Feliz dia! 

"Nenhuma pessoa inteligente está interessada em dominar os outros. Uma pessoa inteligente está interessada em conhecer a si mesma." (Osho). 

A relação humana é o espaço da alegria, da felicidade e da realização. A qualidade da vida depende da qualidade dos relacionamentos. A solidão e o individualismo não fazem parte da essência humana. Ninguém sobrevive pensando somente em si e tomando propositalmente distância emocional das outras pessoas. Os humanos possuem algo em comum, que convoca à comunhão e ao entrelaçamento.

Criados para a interdependência, as pessoas formam núcleos, socializam sentimentos e produzem conhecimento. Uma pessoa portadora de inteligência não procura ser mais do que os outros e nem se coloca acima dos demais. A inteligência é capaz de abrir novos caminhos e de aperfeiçoar o processo de humanização. 

Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

O grau de inteligência pode ser mensurado também pela busca do autoconhecimento. Quanto maior for o horizonte da visão de mundo, mais a pessoa sente necessidade de decifrar o seu universo interior, com suas qualidades e defeitos. Ser inteligente não é um privilégio, é o resultado de um empenho que desconhece horas e dias. É interessante observar como muitas pessoas se fecham num mundo pequeno, achando que sabem tudo. A cada dia que passa, aumenta a gama de possibilidades e abrem-se caminhos inusitados. Porém, cada qual deverá fazer suas escolhas. 

O grau de inteligência não depende da quantidade de livros lidos, mas da incomparável atitude de permanecer aberto, diante da possibilidade de absorver mais e mais. Inteligência e humildade se complementam, quando se trata de postura de vida. Como são felizes as pessoas que utilizam da própria inteligência para vasculhar a sua interioridade, entender seus processos emocionais, tratar suas feridas e favorecer a realização dos sonhos. A complexidade do mundo aguarda por pessoas inteligentes emocional e espiritualmente. Conhecer-se a si mesmo para compreender os outros: quantos desencontros seriam evitados. Que a humildade seja o diferencial do existir. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço! 

Leia também
Como empreendedores de Caxias estão enfrentando as incertezas causadas pelo coronavírus
Artistas caxienses contam como tentam se adaptar à nova realidade temporária, após a pandemia

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros