Frei Jaime: a maior parte da vida é feita de relacionamentos - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião29/05/2020 | 08h00Atualizada em 29/05/2020 | 08h00

Frei Jaime: a maior parte da vida é feita de relacionamentos

Sejamos agradecidos por todas as oportunidades

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A sexta-feira se apresenta mansamente... mais uma semana chega ao seu final... O mês de maio pega carona e, também, está quase se despedindo... Os dias seguem em frente, no ritmo de sempre... Que possamos aprender com o tempo a viver intensamente os momentos, que o Senhor nos concede... Sejamos agradecidos por todas as oportunidades e pelo cuidado para com a vida, que foi o maior aprendizado deste mês! Vamos que vamos! 

"Algumas pessoas vão fugir da tempestade, outras vão escolher molhar-se com você." 

A maior parte da vida é feita de relacionamentos. Sem dúvida, um dos momentos mais significativos é quando surge a possibilidade de conhecer novas pessoas. Muitas chegam para ficar, outras simplesmente passam. Tem algumas que retornam e várias que seguem em frente, pois buscam outros rumos. Os laços de amizade se estabelecem através da confiança e das trocas, que constroem a fidelidade. O pertencimento não acontece do nada, passa por algumas crises, que podem reforçar e construir o conhecimento mútuo. O advento das comunicações, principalmente das redes sociais, abriu muitas possibilidades de eliminar as distâncias e, inclusive, o problema das diferentes línguas. 

Muito mais do que estar próximos, todos estão conectados. Porém, a necessidade de conviver, de estar fisicamente perto e de rir e chorar, lado a lado, não deixou de existir. Os momentos de alegria são facilmente compartilhados. O mesmo não acontece, quando surgem as dificuldades da vida. Não são poucos os que afirmam que uma amizade é confirmada nos momentos de sofrimento. Estar junto quando tudo está bem, não é muito difícil.        

Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

O desafio é permanecer sintonizado, quando todos os outros foram embora. Sim, alguns amigos vão fugir quando a tempestade chegar. Outros, ainda bem, vão molhar-se, mas não deixarão de segurar sua mão. A quantidade de amigos, portanto, é relativa. O que conta mesmo é a qualidade de uma amizade. Nada é mais confortante do que poder contar com alguém que empresta o ouvido para que você traduza, em palavras, o que vai no coração. 

A palavra sempre será curativa, quando acompanhada da sinceridade, da humildade e do sigilo. Muitas e belas amizades deixaram de existir, unicamente por não haver reciprocidade nas confidências. Como são belas as amizades que enfrentam qualquer obstáculo, até mesmo uma forte tempestade. A amizade é um amor que nada exige e que tudo celebra. Sem amigos, a vida não seria plena. Feliz de quem cultiva genuínas amizades. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Como empreendedores de Caxias estão enfrentando as incertezas causadas pelo coronavírus
Artistas caxienses contam como tentam se adaptar à nova realidade temporária, após a pandemia

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros