Frei Jaime: nunca antes o cuidado para com a vida ficou tão evidenciado - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião06/04/2020 | 08h07Atualizada em 06/04/2020 | 08h07

Frei Jaime: nunca antes o cuidado para com a vida ficou tão evidenciado

Uma semana de mais espiritualidade e meditação!

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O amanhecer segue sua normalidade... Hoje é dia 6 de abril, segunda-feira santa! Uma semana que é santificada, através de nossas atitudes, palavras, pensamentos e gestos! Uma semana de mais espiritualidade e meditação! Com Jesus carregamos a cruz neste Calvário, que a humanidade vive neste momento! Depois da cruz virá a luz! Com certeza, eu creio que virá a luz! Abençoada semana! 

"Além de lavar as mãos, o mundo precisa lavar o coração, a alma, a mente, a consciência e o espírito." 

A humanidade vive momentos diferenciados. Nunca antes o cuidado para com a vida ficou tão evidenciado. Recolhidos no infinito universo do lar, a vida segue seu ritmo. O interessante é que as janelas não estão fechadas. Se os pés não podem chegar às calçadas, o coração experimenta outros ares e novos patamares. É importante entender que, para além do mundo material, a vida acontece dentro de cada pessoa, sem as limitações do tempo e do espaço. Estar privado do ritmo normal, é secundário quando cada qual descobre o aconchego interior, feito de bondade e de amor. No contexto da Semana Santa, é possível trilhar o caminho do  Calvário, tendo nos ombros a cruz do medo, da incerteza, da insegurança e da falta de uma luz em relação ao amanhã. 

Porém, ninguém deve esquecer que o final da Via-Sacra não foi na cruz, mas na Ressurreição. Que estes dias, que antecedem a Páscoa, possam ser de santificação. O mundo precisa lavar o coração, a alma, a mente, a consciência e o espírito. Para alcançar a ressurreição é necessário fazer morrer tudo o que atrapalha a paz e a alegria de existir. 

Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

Quem aprende a viver com menos coisas,  acaba encontrando mais espaço para a convivência, o diálogo, o respeito e a atenção mútua. A tendência natural é sempre achar que são os outros que devem mudar. Que a humildade seja o caminho para uma sincera auto avaliação e um exame aprofundado da consciência. Talvez seja a primeira vez na história que a maior parte da humanidade tem todo o tempo necessário para reinventar a vida e refazer a escala de valores. 

No lugar do medo, convém abrir espaço para a espiritualidade e para o cultivo da fé. Não se trata de uma obrigação, mas é visível que as pessoas que não deixam de cultivar a sua transcendência, independentemente de religião, são capazes de aumentar a esperança e de acreditar profundamente na superação dos problemas. Que a Semana Santa nos ajude a fazer a passagem da cruz para a luz. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Como empreendedores de Caxias estão enfrentando as incertezas causadas pelo coronavírus
Confira como os partidos em Caxias se posicionam com relação à cogitação de adiamento do processo eleitoral
Artistas caxienses contam como tentam se adaptar à nova realidade temporária, após a pandemia

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros