Frei Jaime: cultivar a esperança e o otimismo é, agora, a tarefa principal - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião28/04/2020 | 10h01Atualizada em 28/04/2020 | 10h01

Frei Jaime: cultivar a esperança e o otimismo é, agora, a tarefa principal

A oportunidade de agradecer simplesmente revoluciona o coração

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Acordando aos poucos... A terça-feira nos convida à gratidão pelo dom da vida! Nem tudo está como gostaríamos, mas estamos vivos... Deus saberá nos inspirar, na hora de recomeçar... Enquanto isso, nossa fé não deixa nosso ânimo desabar... Cultivar a esperança e o otimismo é, agora, a tarefa principal, neste momento! Depois, nos daremos as mãos e não nos faltará o necessário! Paz no coração! 

"Gratidão porque é só uma fase. Gratidão porque vai passar." 

A gratidão é a prece que mais ilumina a vida, enquanto transforma a terra para chegar ao céu. A oportunidade de agradecer simplesmente revoluciona o coração. Muitos ainda não fizeram a experiência de agradecer os pequenos milagres de cada dia. Não agradecer é limitar a felicidade, é apequenar a alma. A gratidão oxigena a existência como um todo e provoca uma serena alegria de viver. É evidente que, em alguns dias, a tristeza chega, as coisas não dão certo e as preocupações roubam a paz interior. 

Porém, onde há um intenso desejo de vencer, as portas não se fecham e o pulsar do coração não diminui seu incrível ritmo. Quem agradece o hoje, imprime esperança para o amanhã. Pouco ajuda fazer cansativas análises da realidade, onde o pessimismo impera e as forças se anestesiam. Claro, existem situações graves, onde o recomeço não será fácil.     

Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

Mas o ressurgimento poderá ser encantador, pois as pessoas estão entendendo mais de humildade, aumentou a capacidade de viver com menos e as famílias estão assimilando que é muito importante estar unidos, primeiramente dentro de casa. O que está se sucedendo é uma fase, mesmo que esteja sendo prolongada. As fases devem ser tratadas como passageiras e com a certeza de que, mesmo sendo fase, tem muito a ensinar. A grande maioria está preocupada com o depois: como será depois que tudo passar? 

O pós-fase será um grande desafio, mas ninguém estará como estava antes. As pessoas estão se renovando, os valores estão sendo equacionados, o aprendizado produzirá bons frutos. O certo é que vai passar. Talvez a realidade que nos envolve não seja tão grave, como em muitos outros lugares. O importante é manter a saúde mental, emocional e espiritual. Será impossível enfrentar o depois, sem ânimo e empolgação. Se hoje não há muito a ser feito, a não ser o cuidado, amanhã será possível reunir as forças e reconstruir. Com certeza, do nada poderá ressurgir o tudo. É questão de fé e de esperança. Gratidão à vida e à espiritualidade. Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!    

Leia também
Como empreendedores de Caxias estão enfrentando as incertezas causadas pelo coronavírus
Artistas caxienses contam como tentam se adaptar à nova realidade temporária, após a pandemia

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros