Frei Jaime: a felicidade que todos buscam depende muito da iniciativa de dar o primeiro passo - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião03/04/2020 | 08h00Atualizada em 03/04/2020 | 08h00

Frei Jaime: a felicidade que todos buscam depende muito da iniciativa de dar o primeiro passo

A vida segue seu fluxo normal, os dias passam

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

 Bom Dia! A luz de um novo dia se apresenta e, lentamente, devolve claridade aos espaços tomados pela escuridão... Que esta mesma luz adentre nosso coração, para que tenhamos um dia iluminado! Hoje é a 1ª sexta-feira do mês, dia da devoção ao Sagrado Coração de Jesus! Que, a exemplo d’Ele, sejamos mansos e humildes de coração! Abençoada sexta-feira! 

"Não espere o primeiro passo, se a distância é a mesma." (Maxwell Santos).

A felicidade que todos buscam depende muito da iniciativa, da decisão de dar o primeiro passo. Ao longo da história de construção dos afetos, o ser humano sempre conviveu com a acomodação. É comum encontrar pessoas especialistas em adiamentos: sempre vão protelando, possuem um pacto com o amanhã. A vida segue seu fluxo normal, os dias passam, os anos são somados e as marcas do tempo são irreverentes. Se a distância é a mesma, não há a necessidade de aguardar que a outra pessoa dê o primeiro passo. Quem muito adia, muito perde. 

Como é dinâmica a existência daqueles que tomam a iniciativa, dividem sonhos, juntam-se aos construtores de esperança e não sentem preguiça de transformar. As pessoas acomodadas, que sempre aguardam pela ação dos outros, correm o risco de não serem totalmente realizadas. É bonita a vida de quem tem iniciativa, principalmente quando se trata de fazer o bem, sem receber nada em troca.        

Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

A humanidade está, mesmo que lentamente, assimilando o valor da gratuidade, isto é, de fazer algo de bom pelo outro, principalmente por aqueles que pouco ou nada têm. Se os outros não estão tomando a iniciativa, sem problema. O importante é não ter como balizas de ação o modo como os outros agem. A distância é a mesma, ambos podem dar o primeiro passo. 

Que nunca falta a iniciativa, o empreendedorismo, o sonho de uma vida nova. É possível construir uma outra história, na medida em que o egoísmo e, principalmente, o orgulho forem descartados da postura diária. No campo do perdão, é muito difícil dar o primeiro passo. Quantas pessoas que poderiam perdoar e, assim, aliviar seu coração, mas não tomam a iniciativa, não estão dispostas de sair ao encontro. Dar o primeiro passo é uma questão de inteligência e de intuição. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço! 

Leia também
Como empreendedores de Caxias estão enfrentando as incertezas causadas pelo coronavírus
Confira como os partidos em Caxias se posicionam com relação à cogitação de adiamento do processo eleitoral
Artistas caxienses contam como tentam se adaptar à nova realidade temporária, após a pandemia

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros