Apaixonada por livros: Tainey Schmitt Damas fala sobremudar vidas por meio do conhecimento - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Sociedade10/04/2020 | 19h59Atualizada em 10/04/2020 | 19h59

Apaixonada por livros: Tainey Schmitt Damas fala sobremudar vidas por meio do conhecimento

Em Caxias, ela comandar uma unidade da UniCesumar e participa de uma série de projetos sociais

Apaixonada por livros: Tainey Schmitt Damas fala sobremudar vidas por meio do conhecimento Luís Henrique Bisol Ramon/Divulgação
Foto: Luís Henrique Bisol Ramon / Divulgação

Desde menina, Tainey Schmitt Damas viveu entre as brincadeiras e os livros. Seu sonho sempre foi, por meio dos livros, manifestar o desejo e concretizar um propósito de vida. É uma incessante defensora da qualidade da educação. Dona de um acervo que gira em torno de mil obras, que transitam pelos gêneros educacionais, espiritualidade e inclui autores de renome nacional, como um de seus ídolos, Mário Sergio Cortella, Tainey foi apresentada à literatura ainda na infância e, desde lá, se apaixonou pelos fabulosos lugares que a leitura pode nos transportar. 

– Meu primeiro contato com os livros foi aos quatro anos, por intermédio da minha mãe, Teresinha Maria Schmitt. Como boa professora, ela sempre estava acompanhada por publicações de diversos autores e incentivava a família a seguir esse caminho – relembra.

Leia mais
Bela e articulada, Bruna Pacheco Fortes ensina a importância de se sentir bem consigo mesmo
De dançarino de rua na escola a bailarino da Cia Municipal, conheça a trajetória de Akácio Camargo

Como a maioria das crianças, ela cresceu vislumbrando um mundo mais justo e, com a chegada da vida adulta, encontrou no curso de Direito uma ferramenta para tornar o planeta um lugar mais igualitário. Aos 19 anos, estagiou em importantes empresas de advocacia em Curitiba, no Paraná, e foi lá que percebeu, na prática, que não seria apenas por meio das leis que alcançaria seus objetivos.

Depois de um intercâmbio nos Estados Unidos, deparou-se com o convite e a oportunidade de comandar uma unidade da UniCesumar, em Caxias do Sul. A partir desse momento os fatos começaram a fazer sentido para aquela menina apaixonada por livros, que teria em suas mãos a missão de transformar a vida de outras pessoas por meio deles.

– Cursei Direito, pois, pretendia ocupar um cargo de juíza do trabalho, mas, aos poucos, percebi que a educação não poderia ficar em um segundo plano na minha vida, tinha que ser uma prioridade.

Ao assumir este compromisso seu propósito se tornou a educação. Hoje, com três anos de liderança e mais de mil alunos, a sede da instituição por estas plagas é referência para a marca, que possui mais de 700 polos espalhados pelo Brasil e três no exterior, em Miami, Dubai e Genebra. Atualmente, Tainey também é gestora pedagógica de nove polos do grupo.

– Sou uma pessoa otimista por natureza. Desde que assumi minha função na instituição, acreditei que conseguiria consagrá-la como uma das melhores de ensino a distância do país e, claro, sempre tive consciência que teria que trabalhar muito para isso, o que me motiva a seguir em frente e crescer cada vez mais – enfatiza.

Mas, para que tivesse ainda mais orgulho de si mesma, seria necessário investir naquele mundo melhor idealizado nas leituras da infância, portanto, vem colaborando com diversos projetos sociais significativos para a cidade, em especial o Ação do Bem. A entidade, criada em 2008 e coordenada por Maurício Estorti, aposta na educação. Com ideais em comum com Estorti, ela promove atividades em benefício do projeto e abre as portas para acolher iniciativas.

– Sempre estamos em busca de parcerias que auxiliem o próximo, seja pela doação ou para acolher o trabalho na nossa casa, pois, acreditamos no poder da educação para formar cidadãos que contribuam para uma sociedade justa e solidária, além de promover o desenvolvimento emocional e espiritual – aponta.

Um exemplo disso é o curso para formação de voluntários que ocorre, em média, quatro vezes ao ano e tem como sala de aula o auditório da sede da UniCesumar. Da mesma forma, as campanhas para arrecadação de donativos, em prol da Escola Municipal de Ensino Fundamental Machado de Assis, localizada no bairro Reolon, adotada pela Ação do Bem há três anos.

Outra louvável prova da dedicação de Tainey em fazer pelo próximo foi a deferência que recebeu dos alunos desta escola, em dezembro de 2019. Ela foi homenageada pelo apoio inconteste durante a campanha “Estudar com Material é + Legal”, promovida pela Ação do Bem que arrecadou material escolar.

Multitarefas, a moça não para, e apesar de dedicar grande parte de seu tempo para o trabalho e os projetos sociais, ela mantém vivo seu amor pelos livros e, sempre que pode, está na biblioteca e se permite viajar entre as obras.

– Colecionar livros me faz bem. Desde menina, quando abro um exemplar e começo uma leitura tenho a sensação de estar imersa em um mundo particular, no qual tudo é possível. A cada página a empolgação me motiva e faz acreditar em um futuro melhor – declara.

Três livros infantis:
:: O Menino Maluquinho, de Ziraldo
:: Ou Isto ou Aquilo, de Cecília Meireles
:: O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry

Três livros adultos:
:: O Poder do Tempo Livre, de Luciano Braga
:: Um Novo Mundo: O despertar de uma nova consciência, de Eckhart Tolle
:: Elástico: Como o pensamento flexível pode mudar nossas vidas, de Leonard Mlodinow

Leia também
Pedro Guerra: vendedores de lenços
Nivaldo Pereira: Páscoa estranha
O trem passou por aqui: relegada ao abandono, parte da história ferroviária da Serra sobrevive nas memórias de quem a viveu
Padaria de Caxias do Sul disponibiliza pães para quem não tem condições de pagar
Os cuidados com as gestantes e os recém-nascidos durante a pandemia  


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros