Psicóloga caxiense dá dicas para pessoas depressivas lidarem melhor com o isolamento social durante a pandemia - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Saúde20/03/2020 | 17h40Atualizada em 20/03/2020 | 17h40

Psicóloga caxiense dá dicas para pessoas depressivas lidarem melhor com o isolamento social durante a pandemia

Profissional elenca medidas que podem ajudar a fazer atravessar o período com mais tranquilidade

Psicóloga caxiense dá dicas para pessoas depressivas lidarem melhor com o isolamento social durante a pandemia Genaro Joner/Agencia RBS
Foto: Genaro Joner / Agencia RBS

O Almanaque deste fim de semana traz a reportagem sobre a solidariedade em tempos de pandemia. Porém, como generosidade não é algo que se pratica apenas com os outros, mas também consigo mesmo em atenção com suas próprias necessidades, a reportagem pediu para a psicóloga caxiense Patrícia Prigol dar algumas dicas para ajudar pessoas com sintomas depressivos a atravessar o período de ameaça da Covid-19 com mais tranquilidade. Confira:

  • #1 - Evitar ao máximo a exposição frente aos noticiários, delimitando o tempo de uso dos eletrônicos e principalmente selecionando as fontes de informação.  Em alguns casos, reprogramar totalmente os canais de TV aberta e fechada, bem como as redes sociais, sendo comunicados apenas pelos familiares que irão selecionar criteriosamente as informações neste momento e até passar a quarentena.

  • #2 - Se puderem, cercarem-se de familiares que promovam outras fontes de comunicação, bem como outras atividades no grupo. Sugiro que algum familiar possa avisar aos demais que este assunto (a pandemia) ficará limitado para a pessoa que tem depressão.

  • #3 - Aproveitar o tempo de quarentena para organizar a casa, fazendo a faxina e a seleção de coisas que podem ser classificadas e separadas. Isto demanda muito tempo e os dias vão passando e a pessoa vai se envolvendo com essas tarefas que são importantes.

  • #4 - Mesclar o tempo da organização e higienização da casa com tarefas mais leves, tais como: ler um bom livro – leituras leves, fazer meditações, uma delas é a meditação mindfulness que pode ajudar muito a diminuir a ansiedade e outros sintomas depressivos, pinturas com os materiais que já existem no ambiente, artesanato, jardinagem.

  • #5 - Tomar sol sempre que possível, mesmo dentro de casa (vitamina D auxilia muito).

  • #6 - Para quem gosta ou pode realizar atividades simples de culinária para distraírem-se e aprenderem novas receitas para uma alimentação saudável e simples.

  • #7 - Neste quesito, a orientação para estas pessoas é estarem em atividade dentro de casa, procurando melhorar os hábitos rotineiros.

  • #8 - Aproveitar o tempo para colocar em dia assuntos de trabalho, revisar a carreira, os planos, as ações, somente os que puderem.

  • #9 - Organizar agendas e atividades pensando no futuro, quando tudo normalizar.

  • #10 - Muito importante! Para quem faz terapia e consultas psiquiátricas: não interromper o tratamento neste período. Usar as tecnologias a seu favor: Skype, chamada de vídeo, entre outras formas de manutenção dos tratamentos.

Leia também
Começa a montagem da estrutura para abrigar moradores de rua nos pavilhões da Festa da Uva
Hospital Virvi Ramos, de Caxias, terá pronto-atendimento exclusivo para pacientes com doenças respiratórias
Juventude oferece área de treinamentos para auxílio durante pandemia do coronavírus

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros