Passeio turístico de Maria Fumaça é cancelado para conter o coronavírus - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Turismo na Serra18/03/2020 | 11h51Atualizada em 18/03/2020 | 11h51

Passeio turístico de Maria Fumaça é cancelado para conter o coronavírus

Medida vale até o dia 31 de março e o trem foi recolhido

Passeio turístico de Maria Fumaça é cancelado para conter o coronavírus Giordani Turismo/Divulgação
Foto: Giordani Turismo / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

O grupo Giordani Turismo anunciou, nesta quarta-feira (18), que estão cancelados os passeios de Maria Fumaça até o dia 31 de março. A medida é uma precaução tendo em vista a segurança dos clientes e funcionários durante a pandemia de coronavírus. O passeio fazia trajeto entre Bento Gonçalves e Carlos Barbosa, passando por Garibaldi. O trem turístico já foi recolhido para a oficina. 

Leia mais
Tudo que você quer saber sobre o coronavírus
Coronavírus: como e quando buscar ajuda em Caxias em caso de sintomas
Contenção avança na região, mas faltam leitos de UTI 

A Maria Fumaça operava de quartas a domingos, em quatro horários: 9h, 11h, 14h e 16h. Nesta época, o fluxo de pessoas é de aproximadamente 350 pessoas por passeio. Com quatro viagens diárias, a média era de 1,4 mil pessoas circulando.

Outra medida de segurança será o fechamento do Parque Cultural Epopeia Italiana também até 31 de março.

A decisão acontece um dia após o anúncio de que a Maria Fumaça havia adotado medidas de segurança no passeio turístico. Naquele comunicado, o trem operaria com 50% de sua capacidade até o dia 23 de março. A viagem seguiria com janelas abertas e os artistas com mais de 60 anos seriam dispensados temporariamente das atividades. 

Leia também
Transporte coletivo em Caxias do Sul terá horários reduzidos a partir de quinta
Polícia Civil anuncia restrição de acesso ao público nas delegacias
OMS desaconselha uso de ibuprofeno para tratar o coronavírus 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros