Frei Jaime: quem acorda bem está mais apto para administrar as surpresas e exigências - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião10/03/2020 | 06h10Atualizada em 10/03/2020 | 06h10

Frei Jaime: quem acorda bem está mais apto para administrar as surpresas e exigências

Todos esperam que tudo dê certo, que as coisas fluam, que o ritmo seja adequado, que os acontecimentos tenham a marca do bem

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A claridade chega lentamente... A escuridão não tem pressa de ir embora, por isso o dia está amanhecendo um pouco mais tarde... A luz pode atrasar, mas ela não deixa de chegar... Como é empolgante viver e sentir o amanhecer da fé, em nosso coração! Vamos lá! 

"Nem sempre a esperança acorda comigo. Na maioria das vezes é a minha fé que vai buscá-la!" 

O ato de acordar pode influenciar o desenrolar dos diferentes momentos do dia. Quem acorda bem está mais apto para administrar as surpresas e exigências, pois ninguém sabe nada em relação ao minuto seguinte. O que move os passos e descortina a disposição é a esperança. Todos esperam que tudo dê certo, que as coisas fluam, que o ritmo seja adequado, que os acontecimentos tenham a marca do bem. Porém, as incertezas também são insistentes e persistentes. Não poucas vezes é necessário procurar até encontrar a esperança, para dar conta das atividades e ocupações de cada dia. Ainda bem que é possível pedir ajuda para a fé quando se trata de recuperar e intensificar a esperança. 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

A fé e a esperança são praticamente gêmeas, estão sempre juntas, auxiliam-se mutuamente. Num tempo de excessivo ceticismo, feliz de quem admite o valor da fé e faz uso dessa imensa força para dar conta do que é primordial: a vida. Tem pessoas que não acreditam em nada, mas a grande maioria aceita revisitar a fé e ampliar sua dimensão, para simplesmente qualificar a existência. A religiosidade tem um considerável valor, mas é na individualidade que a espiritualidade se apresenta e mostra o seu imprescindível significado. As crianças sempre tiveram fé, apesar de alguns pais serem avessos à dimensão espiritual. 

Os jovens estão se voltando para o imaterial: aceitam fazer a experiência de algo maior, inexplicável, inusitado e profundo. Os adultos, quando visitados pela maturidade, passam a entender o quanto a fé ajuda para equilibrar a esperança. É normal, em alguns dias, não acordar com a esperança. Quem cultiva a fé, imediatamente vai ao encontro da esperança, para fazer o dia deslanchar e o coração vibrar, pelo simples fato de ter existência e de poder trabalhar, estudar, sonhar e realizar-se. Que a esperança ande sempre, de mãos dadas, com a fé. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Criança morre baleada após casa ser invadida em Bento Gonçalves
A história da gringa que comanda uma das casas de lanches mais tradicionais de Caxias do Sul
Carnaval de Rua de Caxias de Sul leva três mil pessoas à Rua Sinimbu

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros