Frei Jaime: o coração não serve apenas para pulsar, ele tem a habilidade de desarmar - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião14/03/2020 | 06h10Atualizada em 14/03/2020 | 06h10

Frei Jaime: o coração não serve apenas para pulsar, ele tem a habilidade de desarmar

O ser humano é infinito, por isso é impossível decifrá-lo

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Como é bom acordar e saber que é sábado... Mesmo que seja necessário fazer muitas coisas, mas é sábado... Isso é suficiente para aliviar o ritmo e voltar-se um pouco mais para a interioridade... Sábado é o dia de deixar a seriedade descansar e abrir espaço para a espontaneidade... Abençoado sábado! 

"O pensamento dá a forma. Mas é o sentimento que cria. Por isso, a expansão do sentimento é fundamental." (Hélio Couto). 

O ser humano é infinito, por isso é impossível decifrá-lo. Tudo tende à harmonia, talvez por ser mais divino do que gente. Uma inundação de pensamentos acompanha as horas, minutos e segundos dos dias, praticamente eliminando intervalos e vácuos. Os pensamentos conseguem dar a forma, enquanto que os sentimentos criam o significado. Numa época de excessiva racionalidade, o toque da sensibilidade necessita ser recuperado. O cotidiano não carece de pensamentos, mas de sentimentos que sejam capazes de desencadear a convicção, para chegar à ação. É preciso sentir mais do que pensar excessivamente. 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

O turbilhão de ideias, planos e projetos não chegam à realidade se não houver um espaço ideal para sentir profundamente, ao ponto do coração tornar-se capaz de orientar a direção. O equilíbrio entre a quantidade de pensamentos e de sentimentos pode impulsar um modo mais harmonioso de viver. Um dia, tomara que não demore, talvez ninguém mais ouvirá a expressão: "parece que não tem coração!". Se cada pessoa abrir um pequeno espaço para tornar-se um pouco mais sentimental, certamente a rispidez, os desafetos e a grosseria deixarão de ter tanta frequência. A vida precisa, sim, ser pensada, mas necessariamente ela deve ser sentida com profundidade e amabilidade. 

Os maiores problemas são ainda de relacionamento, justamente pela ausência de afeto. As pessoas afetivas são igualmente capazes e fortes. Não são os racionais que movem o mundo. O entrelaçamento entre o afeto e a razão resulta num ideal de postura, trato e relação. O coração não serve apenas para pulsar, ele tem a habilidade de desarmar, tocar, amenizar e intensificar. Feliz de quem sabe ser equilibrado, mesmo que exagere um pouco na afetividade. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!   

Leia também
Restauro do pórtico de Ana Rech, em Caxias, tem previsão de retomada na próxima semana
Atividades em Caxias neste domingo alertam para o aumento dos números de feminicídios e as lutas das mulheres
Justiça nega pedido de anulação de impeachment de prefeito de Caxias do Sul 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros