Frei Jaime: dormir não é perda de tempo, mas restauração das energias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião12/03/2020 | 06h10Atualizada em 12/03/2020 | 06h10

Frei Jaime: dormir não é perda de tempo, mas restauração das energias

Mesmo que alguns problemas se apresentem, é possível manter equilibradamente a felicidade

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Abrindo os olhos aos poucos... Como é bom sentir a vida recomeçando depois de uma noite de sono... Dormir não é perda de tempo, mas restauração das energias... O corpo e a mente necessitam de intervalos... Respeitar o corpo é proporcionar o devido descanso! Abençoada quinta-feira! 

"Quando tudo dói, a dor não é física. Não é. É na alma!" 

A normalidade da vida passa pela alegria, advinda da realização. Mesmo que alguns problemas se apresentem, é possível manter equilibradamente a felicidade e permitir que a vida tenha um percurso natural. Os momentos de felicidade são infinitamente maiores do que as dificuldades. Mas para colaborar com a felicidade é preciso saber agradecer. Um coração agradecido impede que a tristeza alcance proporções. A grande maioria lamenta o que falta e esquece de expressar gratidão por aquilo que já foi conquistado. Algumas dores surgem quando a alma está triste ou quando esqueceu de reconhecer os benefícios recebidos. Porém, em alguns momentos tudo dói, dificultando a identificação das causas, justamente por não saber onde mesmo está localizada a referida dor. Quando tudo dói, provavelmente a dor não é física, mas interna, advinda das entranhas, da profundeza do ser. A dor existencial é sofrida, tem dificuldade de aliviar, deixa a alma desconfortável. 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

Uma decepção pode fazer o físico e o emocional extrapolar os parâmetros da resistência. Um amor não correspondido torna o dia opaco, a energia inerte e obscurece a alegria. A desunião familiar faz tudo doer, ao ponto de provocar desconforto geral. A ausência de confiança no local ou nas relações de trabalho pode, também, desestabilizar a convivência e prejudicar a qualidade do desempenho pessoal ou da equipe. Uma das saídas é não deixar a dor alcançar grandes proporções. Afinal, as diferentes dores não começam todas ao mesmo tempo. 

No primeiro sinal de dor é importante identificar a causa e tratar a ferida. O diálogo ajuda para não deixar a dor do desentendimento contagiar as outras dimensões da vida. O perdão é capaz de curar muitas dores. A espiritualidade tem prevenido e curado muitos sofrimentos. O segredo é chegar antes da dor, multiplicando o amor. Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Criança morre baleada após casa ser invadida em Bento Gonçalves
A história da gringa que comanda uma das casas de lanches mais tradicionais de Caxias do Sul
Carnaval de Rua de Caxias de Sul leva três mil pessoas à Rua Sinimbu

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros