Arte em nanquim: Campus 8 expõe obras de Beatriz Dagnese, em Caxias do Sul - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Exposição10/03/2020 | 09h44Atualizada em 10/03/2020 | 09h57

Arte em nanquim: Campus 8 expõe obras de Beatriz Dagnese, em Caxias do Sul

"Trajetórias da Linha" segue em cartaz até 3 de abril

Arte em nanquim: Campus 8 expõe obras de Beatriz Dagnese, em Caxias do Sul Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Se os escritores utilizam as palavras como matéria-prima para conversar com o público, a artista plástica Beatriz Dagnese escolheu as canetas nanquim. É por meio das linhas traçadas no papel que conta histórias e fala das próprias emoções.

Leia mais:
Ordovás inaugura exposição de Lisi Wendel nesta sexta-feira
Do Atacama ao Alasca: Caxias do Sul recebe exposição com fotos de paisagens extremas

A partir desta quarta (11), cerca de 40 trabalhos produzidos por ela nos últimos anos estarão expostos na Galeria de Arte do Campus 8 da UCS, em Caxias do Sul. Com curadoria das professoras Silvana Boone e Mara Galvani, Trajetórias da Linha se debruça sobre o universo criativo de uma autodidata que buscou a elegância do traço e o refinamento da técnica nos anos dedicados à prática.

— É um trabalho fantástico, que explora o universo mágico da abstração. O conjunto de linhas te leva a pensar em diferentes imagens que não estão ali, necessariamente. O legal é observar a maneira como as linhas são construídas e vão preenchendo o papel, as texturas, os caminhos — sugere Silvana.

Além do nanquim preto sobre papel branco e nanquim branco sobre papel preto, que já são marcas registradas da artista de 65 anos, a mostra também exibirá três desenhos em grafite sobre fundo escuro, uma recente experimentação. O resultado é de encher os olhos, com quadros em tons de cinza e prata.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 09/03/2020 - Artista plástica Beatriz Dagnese expõe obras em nanquim no Campus 8, em Caxias do Sul. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)<!-- NICAID(14445315) -->
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

— É uma técnica que passei a explorar recentemente e tem um efeito espetacular. Artista tem disso, né? A gente está sempre experimentando alguma coisa nova, inventando. São trabalhos inéditos que vou apresentar em Caxias — revela Beatriz, que é natural de Nova Bassano e mora em Canela, também na Serra.

Trajetórias da Linha fica em cartaz até 3 de abril, com visitação gratuita, de segunda a sexta.

Arte e aprendizado

Como já é tradição no Campus 8, a abertura da exposição será acompanhada de um bate-papo com a artista. A ideia é proporcionar o contato- dos estudantes com o processo criativo de quem já circula pelas galerias de arte.

— O fato de termos não só os cursos de arte, mas todos os cursos que envolvem criação, como design de moda, design, arquitetura e música, nos traz a preocupação de proporcionar ao aluno essa aproximação. Geralmente os artistas são questionados sobre como produzem, de que maneira lidam com os materiais, as escolhas no processo criativo. É uma forma de tornar visível como as coisas acontecem na prática — destaca Silvana.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 09/03/2020 - Artista plástica Beatriz Dagnese expõe obras em nanquim no Campus 8, em Caxias do Sul. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)<!-- NICAID(14445285) -->
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

PROGRAME-SE
:: O que:
exposição Trajetórias da Linha, de Beatriz Dagnese.
:: Abertura: nesta quarta (11), às 19h40min.
:: Visitação: até 3 de abril.
:: Horários: de segunda a sexta, das 8h às 22h30min.
:: Onde: Galeria de Arte do Campus 8 da UCS (Av. Frederico Segala, 3099).
:: Quanto: entrada gratuita. 

Leia também:
Terceira edição do Gibi X traz novas histórias do Homem Força, primeiro herói de Caxias
Biblioteca Central da UCS lança sacola sustentável
Documentário "Um Corpo Feminino" terá sessão em Farroupilha, nesta quinta

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros