Frei Jaime: todos têm o direito de lamentar, mas ninguém deveria desistir de caminhar - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião10/02/2020 | 08h25Atualizada em 10/02/2020 | 08h25

Frei Jaime: todos têm o direito de lamentar, mas ninguém deveria desistir de caminhar

Lágrimas e sorrisos podem ser intercalados e, assim, a dor consegue encontrar um lugar para se acomodar e se acalmar

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A segunda-feira reúne dois motivos que causam alegria: trata-se de um novo dia e, também, o início de uma nova semana de atividades e compromissos... É normal sentir saudades do domingo, mas é necessário dar conta da vida, que sempre espera muito de cada um de nós! Então, vamos lá!

"Não importa o que lhe aconteceu. Continue colocando um pé à frente do outro." (Pe. Marcelo Rossi)

A cada amanhecer é necessário recomeçar e dar um direcionamento para as diferentes buscas, que povoam os sentimentos e os pensamentos. Enfrentar aquela força que acomoda e desmotiva é um desafio enorme. Somente quem assumiu o controle da sua própria existência é capaz de afastar tudo o que tenta diminuir o ânimo e interfere na disposição de abraçar a vida, assim como ela se apresenta.

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

É praticamente impossível viver emocionalmente de forma ilesa. Alguma coisa sempre aparece para roubar a paz ou para aumentar a ansiedade. Mas continuar é sempre a decisão mais acertada. Colocar um pé à frente do outro é uma atitude inteligente, pois a vida segue, mesmo que alguns acontecimentos deixem marcas doloridas. Ser forte é mais do que uma decisão, é uma determinação que une cérebro e coração, para proporcionar à vida avanços significativos. Mesmo que as lágrimas sejam insistentes e que a decepção tente corroer a emoção, a vida não pode parar, pois os pés não conhecem outra alternativa a não ser o movimento.

Todos têm o direito de lamentar determinados acontecimentos, mas ninguém deveria desistir de caminhar. Afinal, lágrimas e sorrisos podem ser intercalados e, assim, a dor consegue encontrar um lugar para se acomodar e se acalmar. O tempo tem um papel importante para amenizar os sentimentos, que brotam dos acontecimentos que machucam. A maior parte das lágrimas se transformam em sorrisos, se existir calma e persistência. Não há nenhuma história de vida, sem a mescla de momentos difíceis. A superação, em alguns, casos é maior do que a própria capacidade da pessoa. Querer vencer já é uma grande vitória. O importante é seguir em frente, colocando um pé à frente do outro, sem abrir espaço para a possibilidade de desistir. Viver é muito bom.

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Bala perdida mata mulher de 76 anos em Caxias do Sul
Festa das Colheitas terá tour guiado pelo interior de Caxias do Sul
Caxias do Sul tem o menor número de assaltos em 17 anos
 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros