Frei Jaime: para tudo na vida existe um ponto de equilíbrio - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião 24/02/2020 | 06h00Atualizada em 24/02/2020 | 06h00

Frei Jaime: para tudo na vida existe um ponto de equilíbrio

Viver é o maior de todos os privilégios

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom dia! Amanhece um novo dia e uma nova semana... Para a grande maioria, dias normais de trabalho e estudo, mesmo que seja carnaval... As ocupações ou o lazer podem ser diversificados, mas este dia é um presente de Deus! Que a alegria, que brota espontaneamente do coração, sem necessidade de incrementos, possa estar em nosso humilde coração! Feliz semana! 

"Se você é mais privilegiado do que os outros, construa uma mesa maior e não um muro mais alto."

Viver é o maior de todos os privilégios. Ter uma família, ter amigos, poder trabalhar e ser capaz de realizar muitas coisas: quantos privilégios o ato de viver carrega consigo. A gratidão é a melhor expressão e o amor ao próximo é a maneira mais eloquente de retribuir todo o bem recebido. Quem é abençoado e, por muitos fatores e oportunidades favoráveis possui mais bens materiais, não deveria construir muros mais altos para se proteger e, sim, ampliar o tamanho da mesa. Todo privilégio supõe uma maior responsabilidade. Há tempo, a ganância deixou de ser entendida como um traço de normalidade. Pelo contrário, quem deseja acumular excessivamente bens materiais corre o risco de desmerecer o sentido da vida e, ao mesmo tempo, constrói a indesejável solidão. Para tudo na vida existe um ponto de equilíbrio, capaz de garantir a normalidade do existir. 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime? Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro  

Ter coisas não é um problema, é uma bênção. O que desfigura o humano é o apego, a ânsia de querer sempre mais, a indiferença diante da situação dos menos favorecidos. É interessante perceber como as pessoas mais simples e humildes são incapazes de construir muros, mas possuem uma habilidade incrível de ampliar o tamanho da mesa. Erguer muros é limitar o olhar, bastar-se a si mesmo, perder de vista o horizonte, que favorece o ato de transcender e de vibrar com a possibilidade de vir a ser continuamente. 

Quem se preocupa em ampliar a mesa é capaz de redimensionar o tamanho do próprio coração e deixar emanar as vibrações do amor. É incrível dar-se conta de que na mesa dos simples sempre cabe mais um, não falta um pedaço de pão, nem um pouco de outro alimento. O mundo é especialista em construir muros cada vez mais elevados. Ainda bem que estão se multiplicando aqueles que conseguem aumentar o tamanho das mesas. Com certeza, um dia a quantidade de mesas será maior do que a altura dos muros. E é bom começar logo e não esperar pelos outros. Faz bem fazer o bem. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Jovem de Bento Gonçalves é selecionado para participar de programa de trainee na Disney
Carreta pega fogo na RS-453, em Caxias do Sul
"Para nós ainda é um mistério", diz irmã de motorista morto em acidente envolvendo um ônibus em Caxias do Sul


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros