Frei Jaime: para ser feliz não é preciso de um grande motivo - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião 22/02/2020 | 06h30Atualizada em 22/02/2020 | 06h30

Frei Jaime: para ser feliz não é preciso de um grande motivo

As pequenas flores, nas diferentes estações, transformam os vastos campos em indescritíveis paisagens

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O sábado de carnaval é um pouco mais movimentado... Mas é um dia para aliviar o ritmo da semana e vibrar com a vida, que pulsa incessantemente em nosso coração! A maior alegria pode não estar na folia, mas na harmonia! Gratidão à vida! Muita paz! 

"Felicidade é um campo de flores miúdas."

As pequenas flores, nas diferentes estações, transformam os vastos campos em indescritíveis paisagens. Na maior parte das vezes são flores miúdas, que nascem por conta dos ciclos da própria natureza. O florescer dos campos proporciona aos olhos admiração, encanto, sutileza e contemplação. As tonalidades são simplesmente únicas e incomparáveis, ao ponto de proporcionar um universo mais divino do que humano. No coração de cada pessoa existem muitas flores, de tamanhos diversos, infinitamente coloridas. Da mesma forma é a felicidade: não há necessidade, para ser feliz, de um grande motivo. Os pequenos instantes diários de alegria são simplesmente encantadores pois, transformam alguns acontecimentos ou humildes palavras numa fonte inesgotável de felicidade. 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime? Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro  

Ser feliz apenas por existir, por ser portador de vida, por ter uma família, amigos e, principalmente, por ter saúde. É muito fácil viver quando a existência sintetiza e harmoniza diferentes acontecimentos e momentos, inspirando um jeito único de ser. Os desafios, as exigências e as surpresas, carregadas de sofrimento, não interferem e nem excluem a felicidade do cotidiano. As dificuldades não se opõem à dor, mas proporcionam aquela parcela de felicidade que somente é alcançada pelo advento da maturidade. Em cada faixa etária, os sentimentos variam e se multiplicam, pois cada pessoa sente e vibra de um jeito único. 

Alguns não prestam atenção nas pequenas flores, pois estão atentos e preocupados com o desabrochar de grandes pétalas e matizes. Ser capaz de um olhar pormenorizado é um dom, possível de ser desenvolvido por todos. Tudo é questão de simplicidade e de humildade, quando se trata de absorver a essência. Olhares desarmados conseguem enxergar vestígios de paz, em todos recantos do mundo. O ideal é fazer com que os humanos voltem a olhar lentamente para os campos repletos de miúdas flores. Quem consegue perceber pequenas flores é capaz de abraçar grandes amores. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Jovem de Bento Gonçalves é selecionado para participar de programa de trainee na Disney
Carreta pega fogo na RS-453, em Caxias do Sul
"Para nós ainda é um mistério", diz irmã de motorista morto em acidente envolvendo um ônibus em Caxias do Sul


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros