Frei Jaime: o que eterniza nossa existência é a humildade - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião 26/02/2020 | 06h00Atualizada em 26/02/2020 | 06h00

Frei Jaime: o que eterniza nossa existência é a humildade

O brilho do sol inspira vida, esperança e amor

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Amanhece para todos nós um dia diferente e repleto de simbologia: 4ª feira de Cinzas! O gesto de receber cinzas à cabeça traz presente a transitoriedade da vida: viemos do pó e para o pó retornaremos! O que eterniza nossa existência é a humildade! Com Jesus, percorramos serenamente os 40 dias que antecedem a Páscoa! Que a fé cresça e que o mal desapareça! Hoje é também dia de jejum e abstinência de carne! 

"E quando o sol não vier, conceda à alma os benefícios de um banho de sombra." (Pe. Fábio de Melo). 

O brilho do sol inspira vida, esperança e amor. Se não fosse a luminosidade do incansável astro, o alcance do olhar seria limitado e os sentimentos desconheceriam a vibração. Onde está a luz, a vida se desdobra e se revela numa multiplicidade de detalhes. Depois do sol, a noite se aproxima para ofertar o repouso e possibilitar a recomposição das energias. Se um banho de sol é benéfico, uma ducha de sombra ajuda para acalmar, recolher e harmonizar. Os diferentes ritmos e embalos auxiliam na dinâmica da alegria, mas necessitam de intervalos. A sombra aquieta e permite que a existência absorva e espalhe energia. A alma vibra com os raios de luz, mas sempre aguarda pelo toque de recolher, pois não sobrevive sem se refazer.   

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime? Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro  

Sombras e luzes deveriam ser intercaladas objetivamente, para proporcionar equilíbrio e bem-estar. Muitas vezes o cansaço físico se intensifica pela falta de um banho de sombra, isto é, de silêncio, de meditação e contemplação. As diferentes simbologias e rituais espirituais tentam mostrar o quanto é importante cultivar momentos de interiorização, mesmo convivendo com ruídos contínuos. Tem dias que o sol da alegria não chega, muito menos a luz da esperança, mesmo assim é preciso avançar. Aceitar a sombra da incerteza e das limitações não é muito fácil, mas auxilia no processo de humanização. 

A grandiosidade de uma vida não reside no barulho do sucesso, mas na capacidade de aceitar até mesmo a humilhação para, depois, erguer-se naturalmente e agradecer por ter alcançado a estatura da humildade. O sol sempre retorna, embora não se deixe mover pela pressa. Controlar a ansiedade e evitar a revolta é uma forma lúcida de administrar a vida e fazer de cada momento uma oportunidade ímpar de aprendizado. Um banho de sombra pode deixar a alma serena e esperançosa. Absorver o melhor que cada momento pode proporcionar é um exercício fantástico e engrandecedor. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço! 

Leia também
Prefeitura de Caxias fará inventário de imóveis quase cinco anos após determinação do governo federal
Conheça as candidatas ao Prêmio Empreendedorismo Feminino 2020   


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros