Frei Jaime: faz parte ter que carregar algumas sombras. Ninguém é somente sol  - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião13/02/2020 | 08h24Atualizada em 13/02/2020 | 08h24

Frei Jaime: faz parte ter que carregar algumas sombras. Ninguém é somente sol 

Tudo reluz na existência daqueles que amam a vida

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Abrindo os olhos para abraçar e acolher este novo dia! A vida é e sempre será o maior e melhor motivo... Por mais difícil que seja um problema, é sempre bom recordar que muitos gostariam de estar no nosso lugar! Vamos que vamos!

"Aplausos passam, troféus empoeiram, ganhadores são esquecidos. As pessoas que mais significam são as que encantam." (Augusto Cury)

O ser humano é portador de luz. Tudo reluz na existência daqueles que amam a vida. Porém, faz parte da trajetória ter que carregar algumas sombras que, seguidamente, ofuscam a luminosidade. Ninguém é somente sol. A perfeição é um ideal a ser alcançado continuamente.

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro  

O que diferencia uma pessoa realizada de alguém que alcançou o sucesso é o encantamento. Os aplausos duram um período somente, quando não se resumem nuns poucos instantes. Tudo passa, inclusive a vaidade da aparência, do aspecto físico, do reconhecimento público. Muitos se assustam quando se dão conta que caminham para o anonimato. A história está repleta de personagens, cujo os troféus ficaram cheios de pó, com o passar dos anos. Os ganhadores também são esquecidos, pois as gerações se sucedem e a vitória fica resguardada somente em algumas mentes mais lúcidas. Porém, as pessoas que encantam se eternizam.

O mundo não esquece aqueles que repartiram um pedaço de pão, alcançaram um copo d’água, aqueceram um transeunte e fizeram sorrir os que derramavam lágrimas. Pessoas com significado não precisam de troféus e nem de contínuos aplausos, pois elas acabam ocupando um espaço repleto de ternura: o coração humano. Não é o cérebro que faz os melhores registros, mas o coração. Gente do bem é acalentada, para sempre, por aqueles que não perderam a fé no ser humano. A faceta mais incrível da bondade acontece no silêncio de quem optou permanecer no anonimato, para não fragilizar a intenção. Fazer o bem e desaparecer tem sido a opção de muitas pessoas, que não misturam o ato com o promotor da caridade. De nada adianta fazer pouco e falar muito. Bondade e silêncio formam uma parceria admirável. Que o amor desprovido de recompensa continue encantando e provocando a vitória do bem.

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Primeira-dama Michelle Bolsonaro é convidada para ser patrona das Surdolimpíadas
Senado aprova Gramado como Capital Nacional do Chocolate
Inacabado, novo asilo inaugurado em Vacaria só receberá idosos em março

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros