Grupos de teatro de Caxias do Sul projetam novidades para 2020 - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Artes Cênicas21/01/2020 | 09h47

Grupos de teatro de Caxias do Sul projetam novidades para 2020

O Sete Dias conversou com seis companhias para conhecer as ações que vão movimentar o setor neste ano

Grupos de teatro de Caxias do Sul projetam novidades para 2020 Jonas Piccoli/Divulgação
Espetáculo "Vivita - A Noiva do Sol", da Ueba Produtos Notáveis, vai ganhar nova temporada neste ano Foto: Jonas Piccoli / Divulgação

Enquanto muita gente curte  férias, os artistas de Caxias planejam ações para movimentar o setor em 2020. No âmbito do teatro, o Sete Dias buscou alguns grupos da cidade para saber quais novidades devem pintar nos palcos ao longo do ano.

Alguns espetáculos que já estrearam ganharão novas temporadas, caso de Vivita - A Noiva do Sol, da Ueba Produtos Notáveis; e A Carroça das Relíquias, do Grupo Quiquiprocó. Mas também tem bastante estreia prevista para rolar neste ano, como Os Horácios e Os Curiácios, que o Grupo de Teatro A Gangorra levará à Praça Dante Alighieri; ou Cacupecto Rosso, releitura de Chapeuzinho Vermelho encabeçada pelo Miseri Coloni; entre muitas outras novidades bacanas que você pode conferir abaixo.

Grupos de teatro que não foram contemplados nesta matéria e quiserem informar suas novidades podem enviar e-mail para siliane.vieira@pioneiro.com.

UEBA PRODUTOS NOTÁVEIS

O ano que passou foi mais que especial para o grupo Ueba. Além de completar 15 anos de traquinagens nos palcos e nas ruas, Jonas Piccoli lançou o livro Fábulas do Sul e Aline Zilli protagonizou o espetáculo Vivita - A Noiva do Sol, ambos com excelente receptividade do público.

Para 2020, a dupla prepara uma porção de novidades. Já em fevereiro, uma nova temporada de Vivita movimenta o Centro Cultural Moinho da Cascata, nos dias 14, 15 e 16. Em março, a segunda edição da Mostra Arte na Margem promove sessões gratuitas de montagens que integram o repertório do Ueba.

O grupo também trabalha na peça de rua A Lenda do Cavaleiro da Armadura Que Enferrujava, com estreia prevista para maio. Por fim, no segundo semestre, Jonas e Aline pretendem lançar a peça e o livro infantil O Aviador de Sonhos.

TEM GENTE TEATRANDO

A mistura de música, gastronomia, teatro, bazar, exposições, cinema e moda pode ser conferida neste sábado, com a terceira edição do Piquenique TGT Cultural, da Tem Gente Teatrando. O som ficará por conta de Gabi e Guto, Motor de Dobra, Henrique Zattera e Barbas e bigodes.
O tradicional Piquenique TGT Cultural abre o calendário de atividades da Tem Gente TeatrandoFoto: Sara Fontana / Divulgação

Há 30 anos dedicada à formação de atores e ao fortalecimento das artes cênicas em Caxias do Sul, a Tem Gente Teatrando abre o calendário no dia 29 de fevereiro, com o tradicional Piquenique TGT Cultural. O evento mistura teatro, música, gastronomia e feirinha no jardim da escola dirigida por Zica Stockmans.

O ano também será marcado pela continuidade de projetos que já são marca registrada: a 5ª edição do Teatro Para Todos (a partir de março, abrindo a sala de apresentações da Tem Gente para outros grupos da cidade), o 5º Tem Gente Teatrando nos Bairros (levando espetáculos para 16 comunidades periféricas da cidade), a 4ª edição do Tem Criança no Teatro (com sessões gratuitas para estudantes de escolas públicas na Casa da Cultura) e mais duas edições da Mostra TGT (em junho e dezembro, com as produções dos alunos).

GRUPO DE TEATRO A GANGORRA

Espetáculo De uma ponta a outra, do grupo de teatro A Gangorra, será apresentado dia 24/03, em comemoração ao Dia Internacional do Teatro.
A trupe d'A Gangorra comemora 10 anos de estrada e relembra espetáculos que marcaram a trajetória, como o "De uma ponta a outra"Foto: Adriano Richardi / divulgação

Em comemoração aos 10 anos de estrada, a trupe d’A Gangorra prepara uma série de novidades para 2020. Entre março e abril, uma exposição resgata a trajetória do grupo a partir de fotos e materiais cênicos. No mesmo período, a Sala de Cinema Ulysses Geremia exibe videoclipes dos espetáculos já encenados.

A Gangorra também promete movimentar um dos cartões postais de Caxias. Em 28 de março, Dia Mundial do Teatro, o grupo apresenta “Os Horácios e Os Curiácios” na Praça Dante Alighieri. A montagem é baseada em texto de Bertold Brecht.

Seguindo os trabalhos de pesquisa e ensaios da linguagem teatral, o grupo também pretende iniciar a preparação de um novo espetáculo, ainda sem data para estreia. A ideia é desbravar as possibilidades das comédias.

GRUPO QUIQUIPROCÓ

A Carroça das Relíquias é um espetáculo infanto-juvenil que traz a estória de uma vendedora ambulante que viaja por várias cidades numa carroça oferecendo suas mercadorias. Chegando a um determinado lugar encontra uma menina , deste encontro vai se construindo uma cumplicidade entre as duas.
O Grupo Quiquiprocó aposta em nova temporada do espetáculo "A Carroça das Relíquias" Foto: MARIO ANDRÉ / Divulgação

Sem estreias programadas para 2020, o Quiquiprocó aposta em espetáculos já conhecidos do público. É o caso de A Carroça das Relíquias, história de uma moradora de rua que encontra uma menina órfã e, juntas, viajam na imaginação pelo mundo da arte. Outro espetáculo que segue em cartaz é O Antiquário, de atmosfera lúdica e totalmente conduzido por música, sem diálogos.

Entre as novidades, o grupo trabalha nos últimos detalhes para o lançamento do Musicar Espaço Cultural, localizado no bairro Santa Catarina e que oferecerá aulas de teatro, canto, dança e violão. Outro destaque fica por conta das apresentações no Instituto de Leitura Quindim aos finais de semana.

O Quiquiprocó atua desde 1998, com direção de Andréa Peres.

MISERI COLONI

Mitincanto - Aventuras e Desventuras de Nanetto Pipetta - espetáculo Miseri Coloni
Uma das apostas do Miseri Coloni é uma nova temporada do espetáculo "Mitincanto"Foto: Aldo Toniazzo / Divulgação

O grupo que imortalizou o anti-herói Nanetto Pipetta no imaginário popular da região e trouxe para os palcos o romance O Quatrilho, de José Clemente Pozenato, continua a todo vapor em 2020. Além das apresentações do espetáculo Mitincanto, com direção cênica de Camilo de Lelis, vem novidade para o público infantojuvenil: uma releitura do clássico Chapeuzinho Vermelho falada no dialeto vêneto. Cacupecto Rosso começa a ser produzido a partir de fevereiro.

A Associação Cultural Miseri Coloni surgiu em 1980, reunindo figuras como Pedro Parenti (que hoje batiza o Teatro Municipal), Nadir e João Tonus, Arcangelo Zorzi Neto (Maneco), Auri Paraboni e Hugo Lorenzatti. Atualmente, mais de 50 pessoas levam o trabalho adiante, resgatando as tradições dos imigrantes italianos.

CIA. GARAGEM DE TEATRO

Aventuras na Biblioteca, novo espetáculo da Cia. Garagem de Teatro
A montagem "Aventuras na Biblioteca" marcou o ano de 2019 para o grupo Cia. Garagem, que, neste ano, investe no espetáculo "É Amor"Foto: Fabiano Knopp / Divulgação

Depois de circular pela região com Aventuras na Biblioteca em escolas e feiras do livro ao longo de 2019, a Cia. Garagem trabalha nos últimos detalhes do espetáculo É Amor. A novidade será lançada nos próximos meses, colocando em cena um casal que, apesar de incansáveis discussões, mantém seu amor inabalado. A peça é voltada ao público adulto.

O grupo também pretende inaugurar sua sede própria. Fundada em 2012 por Jânio Nunes e Paulo Macedo, a companhia realiza seus ensaios na garagem dos atores ou espaços cedidos – vem daí o trocadilho do nome.

Leia também
Confira os shows locais que devem agitar a Festa das Colheitas, em março
Vereador Paulo Périco é cotado para assumir a Secretaria da Cultura de Caxias
Programe-se: Planeta Atlântida divulga atrações por palco

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros