Frei Jaime: quantos estragos a falta de paciência faz acontecer no cotidiano - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião10/01/2020 | 06h15Atualizada em 10/01/2020 | 10h14

Frei Jaime: quantos estragos a falta de paciência faz acontecer no cotidiano

A vida é simplesmente extraordinária pois não se repete

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A sexta-feira amanhece silenciosamente... Estamos no décimo dia do mês de janeiro de 2020! Os dias seguem seu fluxo normal... A vida está repleta de esperança... Todos apostam em 2020: será um ano melhor! Que cada um possa fazer sua parte para que este ano novo seja, de fato, melhor! Vamos lá! 

"A paciência é o diamante da personalidade." (Augusto Cury). 

A vida é simplesmente extraordinária pois não se repete e tem a habilidade de ser única em cada pessoa. Por estar inserida num contexto familiar e social, acaba adquirindo características próprias. Com o desenvolvimento da personalidade, a liberdade abre espaços para que a verdade seja solidificada. Os qualificativos humanos vão sendo agregados, de acordo com o aprendizado e as convicções de cada um. Porém, no intuito de viver leve e alegremente, ninguém deveria tomar distância da paciência. É comum encontrar pessoas que acabam se desestruturando, mas não aceitam caminhar de mãos dadas com a paciência. 

O jeito de ser resulta das escolhas particulares. Como são bem-vindos aqueles que chegam de forma serena e, com muita paciência, vão abrindo novos caminhos, avaliando situações e indicando outras direções. A paciência é o diamante da personalidade pois, não apressa o ritmo e nem compromete o processo. A maioria sabe a importância da paciência, mas nem todos estão disposto a arregaçar as mangas e agregar mais paciência em sua vida. 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro  

Quantos estragos a falta de paciência faz acontecer no cotidiano de muitas pessoas, mesmo assim nem todos estão dispostos à reversão das posturas. Como tudo poderia ser diferente, dentro e fora de casa, se aumentassem as matrículas na escola da paciência. Ser aluno e alcançar o diamante da paciência, seria uma distinção extraordinária. Quem perde a paciência por qualquer motivo acaba perdendo um pouco da sua essência. 

Não é difícil ser uma pessoa com paciência, basta desenvolver o autocontrole e investir naqueles valores que dignificam a personalidade e que fortalecem os laços da convivência. Pessoas pacienciosas transformam os ambientes e alegram muitos corações. Tudo indica que a paciência seja capaz de prolongar os dias e de permitir a colheita de muitas amizades. Quem deseja a saúde do corpo e da alma, não pode ficar distante da paciência. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Jovem perde R$ 5 mil em golpe da falsa namorada em Caxias Homens são presos e cães em situação de maus-tratos recolhidos em Caxias  

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros