Frei Jaime: o mundo não carece de inteligência, mas de afetividade - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião14/12/2019 | 06h30Atualizada em 14/12/2019 | 06h30

Frei Jaime: o mundo não carece de inteligência, mas de afetividade

A inteligência intelectual foi destacada, de forma isolada, durante muito tempo

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O sábado faz o amanhecer ser diferenciado... É muito bom acordar e saber que o sábado chegou... Apesar dos muitos detalhes a serem encaminhados, sempre sobra um tempinho para caminhar mais lentamente e sentir o sereno e alegre pulsar do coração... Como é bom sentir-se vivo e agradecido! Feliz sábado! 

"Por onde for o teu passo, que lá esteja o teu coração." (Pe. Fábio de Melo).

A inteligência intelectual foi destacada, de forma isolada, durante muito tempo. A dimensão emocional demorou para alcançar seu espaço e, sem dúvida, tem ainda um longo caminho a ser percorrido. Não se trata de privilegiar uma dimensão em detrimento da outra. Porém, as ciências humanas estão, aos poucos, entendendo, de forma holística, o ser humano. Ninguém alcança o equilíbrio somente pela auto entendimento racional. A existência é um todo, onde o físico, o intelecto, o emocional e o espiritual precisam de equilíbrio e de harmonização. Levar o coração consigo, enquanto os passos desbravam novos caminhos, é uma opção simplesmente diferenciada e inteligente. Quando o coração é dispensado, as atitudes podem se tornar ríspidas e indelicadas. O mundo não carece de inteligência, mas de afetividade. 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro 

Quem é excessivamente razão, sem abrir nenhuma brecha para o afeto, acaba acumulando desencontros e distanciamentos. Ninguém deveria trilhar diferentes caminhos existenciais sem a presenta afetiva do sorriso, da bondade e da solidariedade. O mundo dos negócios já admite que não basta, na gestão de pessoas, apenas disciplina e metas. Uma equipe  sintonizada e entrelaçada pela amizade consegue render ótimos resultados. A humanização já não é mais uma opção, mas uma necessidade para reter talentos e alcançar festivamente os objetivos pessoais e grupais. 

Não são poucos os que andam por muitos lugares e não levam consigo o coração. O retorno daqueles que deixam o coração, em algum endereço qualquer,  é sempre vazio e fragilizado. O afeto é capaz de transformar a história de muitas pessoas. Ninguém consegue viver equilibradamente sem um abraço. Além disso, é muito importante saber pronunciar e, também, ouvir, seguidamente, uma melodia que faz bem para todos: ‘eu te amo’. Que os passos continuem levando para diferentes e novos lugares, mas sempre acompanhado pelo coração. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Jovem perde R$ 5 mil em golpe da falsa namorada em Caxias
Crônicas de Natal #8: "a praça pode ser um grande salão de festas, um local mágico"
Homens são presos e cães em situação de maus-tratos recolhidos em Caxias 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros