Frei Jaime: a vida é muito rápida para ficar gastando tempo com desafetos - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião07/12/2019 | 06h00Atualizada em 07/12/2019 | 06h00

Frei Jaime: a vida é muito rápida para ficar gastando tempo com desafetos

Estar lado a lado com os diferentes parece ser o maior desafio

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Acordando aos poucos... ainda bem que é sábado... Sempre temos muitas coisas para fazer, mas só em saber que é sábado, a alegria se embala... agora, tudo se reporta ao Natal... O tempo é de preparação e de muita paz! Feliz sábado!

"Quanto mais maduros, menos ofendidos ficamos." (Zoe Lilly). 

A vida é feita de diferentes momentos. A convivência acaba interligando a necessidade com a obrigação. Por mais decidido que alguém possa ser, é praticamente impossível viver no isolamento. Há uma interdependência que favorece trocas e cria laços. Além disso, o núcleo familiar  sustenta o pertencimento por causa do parentesco. De um jeito ou de outro, o contato com as outras pessoas, direta ou indiretamente, se dá quase de forma natural. Estar lado a lado com os diferentes parece ser o maior desafio. Se a humildade for deixada à distância, as complicações podem se tornar ainda mais sérias. 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

Ainda bem que a maturidade agrega, aproxima, aumenta a compreensão e eleva o grau de tolerância. Quando uma pessoa amadurece, torna-se menos ofendida. Por mais simples e amena que seja a convivência diária, é praticamente comum surgir algumas ofensas, por motivos nem sempre justificáveis. Não ficar ofendido é uma escolha acertadíssima e causadora de verdadeiras alegrias. A imaturidade emocional é fonte de sofrimento e de afastamentos. Quantos laços rompidos por simples palavras ou por olhares depreciativos. Algumas pessoas se incomodam facilmente, comprometendo afetos verdadeiros e transparentes. 

Nem todos conseguem colocar-se acima da ofensa para seguir em frente, salvando as coisas boas que foram vivenciadas até então. A maturidade é uma necessidade para dar à vida serenidade, paz e significativa realização. O caminho que conduz à maturidade nem sempre é fácil de ser trilhado, mas rende ganhos maravilhosos. Conviver não é difícil, mas é imprescindível ser paciencioso, flexível, ponderado nas palavras e focado no essencial. A felicidade depende do modo como cada um acolhe as manifestações dos outros. A vida é muito rápida para ficar gastando tempo com desafetos, que podem ser remediados através do perdão. Viver em paz não tem preço. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também  
Prefeito de Caxias comemora assinatura de repasse de recursos para construção do aeroporto 
Sancionada lei que define realização da Bênção dos Capuchinhos na Praça Dante, em Caxias
"Soou bem", diz presidente do PDT-RS sobre disposição de Néspolo de concorrer a prefeito de Caxias 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros