Escritor caxiense lança livro de ficção científica neste sábado - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Literatura12/12/2019 | 10h06Atualizada em 12/12/2019 | 10h06

Escritor caxiense lança livro de ficção científica neste sábado

J. C. Fantin autografa "Extraplanetário" na Do Arco da Velha

Escritor caxiense lança livro de ficção científica neste sábado Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O britânico H. G. Wells surpreendeu o público com uma invasão de marcianos em Guerra dos Mundos (1898). O russo Isaac Asimov colocou nos leitores uma pulga atrás da orelha ao questionar até que ponto seres humanos e máquinas poderiam se misturar. Já o astrofísico Carl Sagan conquistou multidões com a série de televisão Cosmos, ao refletir sobre a imensidão do espaço.

Todos esses autores, importantes à sua maneira, figuram na galeria de referências do caxiense J. C. Fantin, que lança neste sábado o terceiro livro da carreira. Extraplanetário, uma novela de ficção científica com pegada intimista, terá sessão de autógrafos a partir das 14h, na livraria Do Arco da Velha.

Com 94 páginas de texto leve e fluído (formato convidativo para o público infantojuvenil), o livro conta a história de uma criança superpoderosa que nasce misteriosamente em meio a uma explosão nuclear e logo se torna objeto de cobiça. Para cientistas, que desejam compreender “o que é” e de onde veio a “criatura”. Para militares, que sonham em usá-la como arma de aniquilação. E até mesmo para religiões, que a veem como “salvadora”.

— O que eu tento trazer é uma mensagem de ecologia, de preservação. Como o personagem principal é um ser extraplanetário, como já diz o título, ele consegue encarar a humanidade com certo distanciamento e refletir sobre o modo que a gente vive, no meio de guerras, consumindo os recursos naturais do planeta sem medir as consequências — explica o autor, que também assina a ilustração de capa.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 10/12/2019. Escritor J. C. Fantin, fala sobre seu mais recente livro Extraplanetário!. (Porthus Junior/Agência RBS)
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

A narrativa, em primeira pessoa, conduz o leitor a encarnar os dilemas de Aurin (nome que o protagonista recebe no decorrer da história). Cabe destacar: por mais que ele tenha força sobrenatural ou inteligência aguçada para resolver qualquer enigma matemático, compreender as dores humanas não é tarefa simples para alguém de outro mundo.

— Ele está sempre cercado de pessoas tentando usar seus poderes para os mais diversos interesses, mas, no fundo, está sempre sozinho.

O processo criativo da obra também é digno de registro. Fantin afirma ter colocado o texto no papel em aproximadamente duas semanas, ao longo de outubro. Ou seja, foram apenas dois meses entre a primeira linha escrita e a sessão de lançamento.

 — Tem gente que vai escrevendo o que vem na cabeça. Eu prefiro ter um planejamento, ter as cenas todas pensadas para depois escrever. Demorei só duas semanas.

Sem Financiarte, o livro foi publicado com recursos próprios do autor, que trabalha como auxiliar administrativo e expedicionista na empresa do pai. Para o próximo ano, Fantin já pensa em novidades: a ideia é publicar, também de forma independente, a sequência de Jornada em Corellà, seu romance de estreia, lançado em 2016.

PROGRAME-SE:
:: O que:
lançamento do livro Extraplanetário, de J. C. Fantin.
:: Quando: neste sábado (14), às 14h.
:: Onde: Do Arco da Velha Livraria & Café (Rua Dr. Montaury, 1570).
:: Quanto: livro à venda por R$ 40.

Leia também
"Bacurau" ganha exibição gratuita nesta sexta, em Caxias
Coro da Fundação Casa das Artes prepara CD para comemorar 20 anos
Hino feminista que já mobilizou mulheres de todo o mundo será entoado em Caxias no domingo

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros