Frei Jaime: quando algo não dá certo, é importante  não deixar a decepção tomar conta - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião04/11/2019 | 09h37Atualizada em 04/11/2019 | 09h37

Frei Jaime: quando algo não dá certo, é importante  não deixar a decepção tomar conta

O  importante é sacudir-se e retomar o caminho para chegar ao ponto almejado

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

A cada dia que passa é possível concluir que as conquistas se estabelecem na interdependência com as tentativas. Para alcançar algo convém não contar o número de vezes que o esforçou foi em busca da vitória. Existem situações que são mais exigentes e outras nem tanto. Quem sonha alto é naturalmente convocado a reunir uma quantidade maior de energia. Sentir as consequências do cansaço e da decepção é praticamente natural, mas nem por isso deve-se desistir de alcançar o que foi traçado como objetivo. Nenhuma tentativa é desperdiçada, pois sempre há um aprendizado a ser assimilado.

"Tente uma, duas, três vezes e se possível tente a quarta, a quinta e quantas vezes for necessário." (Bill Gates)

Para ser capaz de tentar muitas vezes é imprescindível saber lidar com a frustração. Quando algo não dá certo é importante não deixar a decepção tomar conta. O importante é sacudir-se e retomar o caminho para chegar ao ponto almejado. Quanta gente vive, hoje, a felicidade que só se tornou possível por nunca ter desistido da vitória, apesar da tristeza e da decepção.

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

Não existe nenhum problema em ter que começar tudo de novo. As tentativas, por si só, são também parte da conquista, pois permitiram o crescimento, o amadurecimento e um conhecimento que ninguém poderá roubar. Em tempos de instantaneidade, as pessoas estão desistindo facilmente de seus sonhos. Basta um mínimo empecilho para largar tudo e acomodar-se na posição de derrotado.

O currículo de quem é bem sucedido está repleto de tentativas e erros. Porém foi a persistência que os tornou merecedores da recompensa. Se for necessário tentar e recomeçar inúmeras vezes, sem problema. O que importa é a determinação e o desejo de vencer. A felicidade resulta das tentativas empreendidas.

Leia também
Nas quadras de Caxias do Sul, empresários buscam alternativas e o esporte não é a única opção de renda
Na Cozinha: você vai se apaixonar por essa maçã assada com farofa de cuca
Pioneiro comemora 71 anos ao teu lado

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros