Frei Jaime: no interior de cada pessoa que você conhece, existe uma pessoa que você não conhece - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião01/11/2019 | 05h40Atualizada em 01/11/2019 | 05h40

Frei Jaime: no interior de cada pessoa que você conhece, existe uma pessoa que você não conhece

É bom não conhecer totalmente o outro, assim o mistério se transforma em possibilidade de encantamento

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O amanhecer anuncia a chegada de um novo dia e o início de um novo mês... Que novembro seja muito abençoado.... Hoje é o dia de todos os santos e santas! A santidade não é um destaque, mas o esforço de viver assim como Jesus, o Santo dos Santos, viveu! Nunca cansemos de fazer o bem, pois a caridade simplesmente santifica! Amanhã, a saudade será mais intensa!

"No interior de cada pessoa que você conhece, existe uma pessoa que você não conhece."

Uma das importantes tarefas da vida é conhecer pessoas. É interessante como alguns encontros se dão, simplesmente sem explicação, apenas por acaso ou por uma força desconhecida. Até os inesperados contratempos podem favorecer o surgimento de laços, que tomam por direção a eternidade. Mesmo que o querer seja persistente, nem tudo pode ser explicado, pois algumas coisas simplesmente acontecem distante do alcance da razão.

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

No cotidiano, ninguém está diante apenas de mais uma pessoa. Cada ser humano é um mundo em movimento, um universo desconhecido, com possibilidades de todas as matizes. É importante ter consciência que no interior de alguém conhecido está uma pessoa desconhecida. Tratar com quem está mais próximo ou até distante supõe ter a habilidade de lidar com o que é percebido e verbalizado, mas também com o lado desconhecido, que cada um carrega consigo mesmo. O respeito é a melhor postura diante do todo, visível e invisível, que caracteriza e diferencia uma pessoa da outra. Ninguém é um enigma. Alguns apenas não se deixam invadir facilmente, pois guardam uma reserva de inacessibilidade, onde o mistério se conjuga com os segredos da existência.

O que é desconhecido não deveria servir de matéria para julgamentos ou apontamentos inadequados. A privacidade não se harmoniza com o individualismo, mas com a individualidade, onde cada um tem seu jeito próprio de olhar, sentir e refletir. É muito bom não conhecer totalmente a outra pessoa, assim o mistério se transforma em possibilidade de encantamento e a convivência se plenifica de surpresas.

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Pela quinta vez no ano, Centro de Atendimento ao Turista é alvo de ataques em Caxias do Sul
Defesa Civil contabiliza estragos em Lagoa Vermelha após vendaval
Prefeitura de Caxias do Sul promete fornecer material para reforma do pórtico de Ana Rech

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros