Frei Jaime: não são poucos os que sofrem por antecipação - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião20/11/2019 | 07h00Atualizada em 20/11/2019 | 07h00

Frei Jaime: não são poucos os que sofrem por antecipação

O mundo mudou e as condições de vida estão melhorando

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O amanhecer é sempre uma ótima oportunidade para recomeçar e saudar a existência... Viver é muito bom! Que este novo dia seja de muitas realizações... Feliz quarta-feira! Muita paz no coração! 

"É difícil explicar o que é ansiedade para alguém que não precisa conviver com um peito acelerado." (Matheus Rocha). 

O mundo mudou e as condições de vida estão melhorando. As oportunidades se multiplicam a todo instante e as inovações nunca terminam de chegar. De fato, os tempos são outros e as possibilidades acabam acenando para novos horizontes. Mesmo trilhando caminhos incertos é possível ir adiante e reinventar algumas histórias de vida. Porém, o ser humano acaba pagando um elevado preço para não perder a paz interior. A ansiedade tem maltratado muitas pessoas, exigindo o desgaste de muitas energias. Nem tudo tem uma explicação lógica, mas os sintomas e as consequências provocam um grande desconforto. Antecipar uma ameaça futura é praticamente fragilizar a naturalidade do existir. Não são poucos os que sofrem por antecipação, agitam-se sem necessidade, preocupam-se sem motivos aparentes. 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro

Quando os sentimentos se tornam excessivos, obsessivos e passam a interferir na vida cotidiana é necessário tomar algumas providências. Ninguém deve sofrer por problemas imaginários ou por sentimentos desencontrados. Se for necessário antecipar alguma coisa, que seja a felicidade. A vida é plena de mistério, mas há um jeito normal de viver, tendo como referência a humildade e o cuidado. Controlar as preocupações é um ato necessário para manter a vida saudável. O corpo vai dando sinais, pois precisa de equilíbrio para dar continuidade ao fluxo da vida. Não deixar o peito se acelerar é uma forma de prevenir muitas outras situações emocionais e, também, físicas. Para adoecer emocionalmente é muito fácil, basta deixar de prestar atenção nos sentimentos diários e nos vazios que vão sendo criados continuamente. A espiritualidade tem um papel essencial na construção da harmonia entre corpo, mente e espírito. A oração e a meditação são capazes de auxiliar na prevenção e na cura daqueles que sofrem por estarem com o peito acelerado. Que a ansiedade ceda lugar para a felicidade. Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Polícia Civil de Caxias do Sul não realiza atendimentos nesta quarta e quinta-feira
Município tenta derrubar liminar que autoriza Parada Livre no Centro de Caxias
Na Cozinha: não vai deixar de provar esse pavê com doce de leite e cookies, né?

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros