Frei Jaime: viver é uma aventura que vale a pena - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião23/10/2019 | 08h26Atualizada em 23/10/2019 | 08h26

Frei Jaime: viver é uma aventura que vale a pena

Vale a pena saltar e abraçar este novo dia... Teremos muito pela frente!

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O amanhecer é sempre portador de luz... O ato de acordar e levantar nem sempre é espontâneo... Vamos lá: vale a pena saltar e abraçar este novo dia... Teremos muito pela frente!

"A tempestade vem, se instala, molha tudo. Você acha que vai se afogar. E depois percebe que só por causa dela, floresceu." (Berenice Pasin)

A vida é feita de momentos e de diferentes situações. Numa primeira impressão, nem sempre é possível compreender o que realmente está acontecendo. Além disso, fica difícil perceber o que virá depois das tempestades que assolam a vida. Quando alguém está imerso num problema, quase sempre deduz que não terá condições de suportar e de superar. Porém, com a passagem dos dias e com algumas intervenções tudo vai tomando rumo e, aos poucos, o tempo melhora e a vida adquire novamente sua energia e o seu ritmo.

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro 

Não são poucos os que acham que vão se afogar, por causa de uma simples chuvarada. Sem contar que alguns se assustam até com dois ou três pingos de chuva. O florescimento resulta da resistência diante das exigências. Só existe primavera porque as plantinhas não aceitam sucumbir durante o inverno.

Muitas conquistas são antecedidas por exigências e sofrimentos. O direito de expressar o sofrimento e as preocupações é praticamente normal. Mas, depois de tudo, é necessário serenar e aguentar firme, até que a tempestade passe. Cada flor teria uma longa história para contar, pois os desafios do florescimento não são nada fáceis. A decisão de retomar a vida e seguir em frente pode proporcionar muitas surpresas.

Não existe um caminho de facilidades que garanta a felicidade. Tudo tem um preço. O importante é ter consciência das próprias capacidades e a certeza de que tudo é passageiro. Quando se menos espera, a tempestade se despede e a claridade traz novos fachos de luz. Em tempos de muita fragilidade emocional, é importante cultivar e desenvolver resistências interiores. Não faz bem desistir de tudo, na primeira dificuldade. A melhor parte da vida acontece quando a pessoa se seca da chuvarada, ergue a cabeça e continua caminhando rumo ao infinito. Viver é uma aventura que vale a pena mesmo.

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Gasolina comum em Caxias chega a R$ 3,99 o litro
Dois são indiciados por amarrar e filmar colega surdo em Caxias do Sul
"Inconcebível", diz OAB Caxias sobre procuradora-geral defender Daniel Guerra no processo de impeachment

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros