Frei Jaime: não são poucas as pessoas que  sentem medo da solidão e acabam incapazes de ficar sozinhas - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião22/10/2019 | 08h48Atualizada em 22/10/2019 | 08h48

Frei Jaime: não são poucas as pessoas que  sentem medo da solidão e acabam incapazes de ficar sozinhas

Ter tempo para ficar a sós consigo mesmo é uma  conquista, que inspira serenidade e até equilíbrio emocional

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Os dias passam e a vida vai se adequando aos diferentes momentos e estágios. Ninguém trilha o caminho existencial totalmente sozinho. Se não são as pessoas ou animais de estimação, a própria solidão se encarrega de fazer companhia.

"Nunca encontrei uma companhia mais companheira do que a solidão." (Henry David Thoreau)

Todos precisam de momentos de solidão, intercalados com a convivência diária. No entanto, ninguém deveria viver totalmente isolado, ao ponto de não poder contar com ninguém, principalmente nas necessidades. É próprio do humano ser capaz de construir trocas e de entrelaçar sentimentos, que dignificam a existência e afastam as doenças.

Ter tempo para ficar a sós consigo mesmo é uma conquista, que inspira serenidade e até equilíbrio emocional. Não são poucas as pessoas que sentem medo da solidão e acabam incapazes de ficar sozinhas, nem que seja por uns minutos. O receio do silêncio também tem sido frequente e crescente. Ninguém deveria ser um estranho para si mesmo. Pelo contrário, a melhor companhia não é externa, mas interna.

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro 

Quem convive naturalmente com seu próprio eu tem possibilidade de harmonizar seus relacionamentos. A solidão, portanto, não é uma porta que leva à desproteção e ao abandono, mas um caminho que proporciona autotransparência e um contato íntimo consigo mesmo. Sem solidão, a vida torna-se cheia de ruídos e a autenticidade pode ser comprometida, desencadeando um processo de distanciamento da própria identidade. Convivência e solidão podem ser intercaladas para inspirar o melhor para todos os dias, principalmente àqueles mais exigentes que, muitas vezes, surgem do nada e provocam crises existenciais.

Fazer da solidão uma companheira é um convite e, também, um desafio, uma vez que culturalmente não há uma formação para o silêncio. Nada substitui a serenidade que brota da solidão, enquanto momento revitalizante.

Bênçãos! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!

Leia também
Horóscopo: confira a previsão de cada signo para esta terça-feira 22/10
Mulher é feita refém e tem carro roubado em Caxias
Procuradora-geral do município fará a defesa de Daniel Guerra no processo de impeachment

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros