Conheça parte do acervo artístico que Walter Rodrigues mantém em seu apartamento em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Emoções estéticas04/10/2019 | 18h46Atualizada em 04/10/2019 | 18h46

Conheça parte do acervo artístico que Walter Rodrigues mantém em seu apartamento em Caxias

Peças do Peru, China e Japão estão expostas nas paredes e móveis da casa do estilista

Conheça parte do acervo artístico que Walter Rodrigues mantém em seu apartamento em Caxias Alex Battistel/Divulgação
São mais de cem peças de porcelanas Satsuma, uma região do Japão, feitas no Século 19, que ele foi garimpando entre Paris e São Paulo. Foto: Alex Battistel / Divulgação

O estilista Walter Rodrigues acredita que o mundo não teria graça sem histórias para contar.  Não à toa ele possui uma coleção com milhares de fotos de anônimos compradas e briques e brechós. Gosta de imaginar narrativas para as tais imagens. Esse universo da invenção é responsável pela trajetória de sucesso no mundo da moda e da pesquisa sobre comportamentos e tendências para o design. Além de sua trajetória na criação de coleções, há dez anos atua no projeto Inspiramais, da Assintecal.  Em seu apartamento no centro da cidade, onde reside desde 2016, ele guarda um acervo de peças de arte que forjam a sua memória de emoções estéticas. Ele olha para as peças do Peru, China e Japão e diz, de forma sintética, “este sou eu”.

Leia mais
Saiba o que vai no coração e na mente da musicista e escritora Maria de Fátima Freire de Sá
Conheça o caxiense que conquistou a América em frente e atrás das câmeras
Conheça o caxiense que conquistou a América em frente e atrás das câmeras

— Sempre tive uma relação com o passado, as histórias dos objetos. Estudando agora a questão da robótica e da tecnologia para o Inspiramais vejo que o ser humano é mais importante que tudo. Sou um humanista o tempo todo, acredito muito no ser humano, que tem o dom da emoção. Por isso me interessa muito contar história em busca de um tempo perdido, como diz o Proust — reflete.  

Obras da coleção de estilista Walter Rodrigues.
A pintura sacra de uma Nossa Senhora das Dores remete ao Século 17 e é um exemplar de tradição peruana dos kuzquein. Pertenceu à coleção da família de uma amiga mineira, que o presenteou com a peça. Foto: Alex Battistel / Divulgação
Obras da coleção de estilista Walter Rodrigues.
A China está representada na série de Budas, feitos em bronze, terracota e mármore.Foto: Alex Battistel / Divulgação
Obras da coleção de estilista Walter Rodrigues.
A coleção do povo Miau, da China, e uma arca com roupas desse povo, inspirou uma de suas coleçõesFoto: Alex Battistel / Divulgação

Leia também
Exposição no Instituto SAMba traz olhar sobre a arte urbana de Paris
Tríssia Ordovás Sartori: quanto maior a expectativa, maior a frustração?
Universo do circo é tema de exposição do artista Antonio Giacomin
Escritora Lisana Bertussi lança "Monalisa no Retrovisor" neste sábado, na Feira do Livro de Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros