Frei Jaime: quanto custa ser quem você é? - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião24/09/2019 | 06h10Atualizada em 24/09/2019 | 06h10

Frei Jaime: quanto custa ser quem você é?

Não convém sair por aí acreditando em tudo o que é dito

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A terça-feira vai chegando de mansinho... A claridade tem se antecipado... a primavera não é feita só de cores, mas também de sons... Sempre amei ouvir, pela manhã, o cantar dos pássaros... Entre todos, o sabiá dá um show de melodia... Que a nossa vida possa florescer e fazer-se canção... 

"Quanto custa ser quem você é?" 

A autenticidade tem um preço nada acessível. Todos são avaliados continuamente por olhares, pensamentos, julgamentos e palavras. É interessante perceber como cresce o número daqueles que transformam em verdades inquestionáveis, meras opiniões pessoais. O acesso às diferentes fontes de informações permite o aumento considerável da bagagem de conhecimento. Porém, nem todas as fontes são confiáveis. Não convém sair por aí acreditando em tudo o que é dito, escrito ou postado. A prudência é uma companheira que impede ou minimiza as decepções. Quando se trata de avaliar a postura das outras pessoas é recomendável economizar palavras e ser lento nos pareceres. O segredo é ser transparente e autêntico, mesmo que o preço seja elevado. É claro que a observação dos outros pode render melhorias continuadas. 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro 

Enquanto o coração estiver batendo, será possível ajustar alguns traços de personalidades ou conter-se em palavras que acabam não ajudando em nada. Porém, ninguém deve perder sua essência, nem seu jeito particular de ser, unicamente para agradar os outros. Ter flexibilidade para aceitar posicionamentos alheios faz um bem enorme para a convivência. O segredo está na fidelidade para com os próprios sonhos e ideais. Como tudo quase sempre é quantificado, não importa o preço a ser pago para continuar sendo você mesmo. Muitas pessoas pagam caro, mas não desistem de acreditar na justiça, na força do bem e na possibilidade de se encontrar com a paz. 

Em alguns ambientes, as taxas para ser ético são exorbitantes, mesmo assim vale a pena esse custo. Ninguém deve impor aos outros o seu jeito de ser. Quantas vezes a melhor opção é retroceder, sair de cena e retornar serenamente, mais tarde. De fato, o melhor jeito para ser feliz é ser você mesmo. Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!           

 Leia também
Agricultores de Caxias comemoram redução de áreas urbanas no Plano Diretor, mas dois itens preocupam
Invadida por usuários de droga, casa da família Rigotto volta a ser alvo de incêndio em Caxias 
Dois funcionários ficam feridos após explosão de cilindro de gás em empresa de Bento Gonçalves
 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros