Frei Jaime: a vida oscila entre começos e términos, altos e baixos - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião25/09/2019 | 06h20Atualizada em 25/09/2019 | 06h20

Frei Jaime: a vida oscila entre começos e términos, altos e baixos

Os tempos estão marcados pela velocidade

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O amanhecer é sempre inspirador, mesmo que o sono seja insistente... Recomeçar é uma oportunidade, uma dádiva... Sintamos muita serenidade em nosso coração... Vamos que vamos! 

"Ninguém sabe quando será o último abraço. Por isso, por precaução ou por amor, abrace sempre." 

A eternidade habita a profundidade do existir, mesmo que a finitude seja uma verdade de conhecimento geral. A vida oscila entre começos e términos, altos e baixos, alegrias e tristezas. É esperançoso ter presente que todos caminham em direção ao infinito. A culminância de uma trajetória é tão significativa, quanto os passos dados desde o nascimento. Ninguém sabe quando será o último abraço. Portanto, convém continuar abraçando sem nenhuma preocupação quantitativa. Os tempos estão marcados pela velocidade. A agitação e a ansiedade não tomam distância e, consequentemente, absorvem as melhores energias. 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro 

A tecnologia segue caminho solo, sem nenhum compromisso com o descarte da mão de obra. Porém, de todos os lados vozes se levantam para conclamar a importância da humanização. A verdade está ressurgindo das cinzas: há muita carência de gestos de ternura. O problema da humanidade não reside na razão, mas na emoção. De um jeito ou de outro, os recursos são viabilizados, mas o coração continua aflito, carente e dolorido. O medicamento para muitas pessoas se resume num abraço caloroso, um olhar sincero e desarmado, uma palavra de carinho. 

Não são poucos os que nunca ouviram a expressão ‘eu te amo’; outros não sentem coragem de expressar por palavras o amor que sentem. Não basta saber se movimentar agilmente nas redes sociais, se a necessidade de afeto não é atendida adequadamente. A humanidade está se dando conta de que precisa de convivência fraterna e de abraços. Como é aconchegante a relação humana que abre espaço para a afetividade e que acontece longe do egoísmo e da inveja. O segredo de uma vida feliz reside na criatividade do momento presente: viver bem cada instante. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!           

 Leia também
Agricultores de Caxias comemoram redução de áreas urbanas no Plano Diretor, mas dois itens preocupam
Invadida por usuários de droga, casa da família Rigotto volta a ser alvo de incêndio em Caxias 
Dois funcionários ficam feridos após explosão de cilindro de gás em empresa de Bento Gonçalves
 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros