Frei Jaime: viver sempre será um dos maiores feitos  - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião23/08/2019 | 08h02Atualizada em 23/08/2019 | 10h26

Frei Jaime: viver sempre será um dos maiores feitos 

É impossível saber os segredos do universos, mas está ao alcance de todos o aprendizado

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Amanhece um novo dia! É sexta-feira, dia 23 de agosto... A semana vai chegando ao seu final... O cansaço se mistura com a alegria, por ter dado conta dos desafios diários... Somos capazes de muito! O segredo é não dar espaço para o desânimo... Vamos em frente!

Você não pode parar as ondas, mas você pode aprender a surfar.”

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro  

Viver sempre será um dos maiores feitos. É impossível saber os segredos do universos, mas está ao alcance de todos o aprendizado, que pode favorecer muitas chaves de leitura. A bagagem, formada ao longo dos anos, pode inspirar diferentes atitudes e consistentes respostas. O mundo não se guia por uma única voz de comando, simplesmente segue adiante, praticamente não se importando com as consequências humanas. Ninguém consegue parar as ondas, mas todos podem aprender a surfar. 

É comum ouvir intermináveis lamentos da parte daqueles que não se encorajam a interagir com a realidade onde estão inseridos. Aprender a surfar não é difícil, basta ter disposição e dedicação. O ser humano não utiliza todo o seu potencial, pois desconhece a força que está dentro de si. A acomodação ocupa facilmente os dias daqueles que acham que só com os outros as coisas dão certo. Em tempos de crise, as exigências se multiplicam. Mesmo assim, é possível aprender a surfar, isto é, descobrir novos rumos, reinventar o próprio caminho, desenvolver novas habilidades e focar no essencial. 

Todos são portadores do dom da inteligência, portanto capazes de fazer novas imersões e de ampliar o leque de atuação. O universo profissional sinaliza a preferência por generalistas, isto é, aqueles que sabem fazer muitas coisas. Com o advento das diferentes facetas da tecnologia da informação, muitas profissões vão desaparecer. Para permanecer no mercado será necessário um contínuo investimento no aprimoramento dos talentos. São muitas as formas de aprendizado, que tornam a vida mais dinâmica e positiva. 

Porém, tudo depende da disposição interior. As ondas vão continuar impactando. Aprender a surfar é a saída. A vida é simplesmente instigante. Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!    

Leia também:
Lázaro Ramos faz discurso em defesa da pluralidade do cinema e lembra de Ruth de Souza em Gramado
Agenda: ingressos para o show "Liberta", de Duda Cavalheiro estão à venda em Caxias
Cineasta que participa do Festival de Gramado vai ministrar oficina audiovisual em Caxias neste mês

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros