Frei Jaime: quem tem medo de errar simplesmente perde tempo  - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião19/08/2019 | 06h00Atualizada em 19/08/2019 | 06h00

Frei Jaime: quem tem medo de errar simplesmente perde tempo 

A superação é necessária e ela surge a partir da determinação de ir em frente

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Com serenidade e determinação, vamos iniciar este novo dia e esta nova semana! É um privilégio poder recomeçar... quantos dariam tudo para estar em nosso lugar! Sejamos agradecidos! Feliz semana! 

"Leva um tempo para a gente perceber que o medo de errar nos afasta, cada vez mais, do acerto." (Plínio). 

Todo aquele que se coloca a caminho deseja chegar. Em cada início está o desejo de conclusão. A vida está entrelaçada com os acertos, as conquistas e o anseio pela vitória. No entanto, é preciso um profundo ato de consciência contra o medo e as incertezas. Não são poucos os que desistem de belos empreendimentos existenciais, unicamente por causa do medo. A margem de erro está embutida em tudo. Ninguém foge totalmente do estigma do erro. O segredo é não dar muito espaço para o medo, pois ele é capaz de roubar as mais significativas ideias. A história pessoal de cada um está marcada por muitas desistências, que foram alimentadas pelo medo de errar. 

A superação é necessária e ela surge a partir da determinação de ir em frente, independentemente dos riscos que possam surgir. Quem tem medo de errar simplesmente perde tempo e acaba se afastando gradativamente dos acertos. Diariamente é necessário combater o receio que surge inesperadamente e inibe a criatividade, rouba as forças e a capacidade de empreender. Por outro lado, o medo tem um papel interessante, pois ele testa todas as iniciativas e mensura a profundidade das convicções. Em alguns casos, se não fosse o medo, as decisões seriam sem consistência. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço! 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro  

O risco reside no excesso de medo, que neutraliza as melhores intenções e rouba as mais intensas disposições. O autoconhecimento auxilia no enfrentamento do medo. Quanto mais uma pessoa se conhece, mais preparada está para ir lidando com os diferentes pensamentos, que surgem ao longo dos dias. O medo se apresenta, muitas vezes, disfarçado de outros sentimentos e revestido de variadas desculpas. 

Um outro jeito de diminuir a expansão do medo é através da espiritualidade. Nem todos concordam, mas a fé é um componente valioso na hora de espantar o medo e abrir espaço para a confiança. As pessoas que se conectam com uma força superior reúnem dentro de si as necessárias energias para combater a propagação do medo. Que cada amanhecer seja uma nova oportunidade de aproximação dos acertos. 

 Leia também  
Um mês depois de assumir cargo, presidente do Samae se afasta para tratamento de saúde
Prefeitura de Farroupilha vai criar Secretaria de Segurança Pública
Vereador do PDT coloca nome à disposição para disputa à prefeitura de Caxias do Sul
Vereadores propõem a proibição de marcas de governos na prefeitura de Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros