Frei Jaime: o maior presente que uma pessoa recebe é a própria vida - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião15/08/2019 | 05h00Atualizada em 15/08/2019 | 05h00

Frei Jaime: o maior presente que uma pessoa recebe é a própria vida

A capacidade de aprender e de assimilar as complexidades do mundo é infinita, pois a vida não é dada para ser pequena

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! Acordando aos poucos... refazendo os movimentos, exercitando o corpo e a alma... O sono é restaurador, mesmo que seja um pouco difícil retomar os compromissos, a cada amanhecer... Vamos que vamos! 

Eu não fazia ideia de quem eu era, até precisar de mim mesmo.” 

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro  

 A vida é um dom sem igual. O maior presente que uma pessoa recebe é a própria vida. Tudo o que chega depois do começo da existência é um adorno para o que existe de mais empolgante: a vida. A capacidade de aprender e de assimilar as complexidades do mundo é infinita, pois a vida não é dada para ser pequena. 

Mesmo que algumas pessoas simplesmente apequenam sua existência, a vida sempre será grandiosa e encantadora. No ser humano, tudo se volta para a plenitude. Porém, a excelência do viver se dá pelo autoconhecimento. Quanto mais uma pessoa se descobre, mais possibilidades se abrem diante de si. É comum necessitar de uma mão estendida, de uma ajuda e de um apoio. A importância da família e dos amigos, na construção da vida, é fundamental. Porém, toda pessoa precisa de si mesma. Tal descoberta simplesmente transforma os percursos e desvenda muitos mistérios. 

A grande maioria bate à porta dos outros, quando deveria primeiramente adentrar na sua própria interioridade e descobrir-se como um ser capaz de muitas respostas e retornos. A maior necessidade humana se expressa na busca de si mesmo, apesar da possibilidade de contar com os outros. É comum encontrar pessoas que sempre batem à porta dos outros, por ser mais fácil do que bater à própria porta.

 Não basta ter um corpo, um cérebro e uma dimensão afetiva e espiritual. O encontro mais determinante da existência é aquele que acontece consigo mesmo. É visível a mudança de quem descobre que precisa prioritariamente de si mesmo. Viver é espetacular. Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!     

 Leia mais
Homem é morto a tiros dentro de casa na frente do filho em Caxias
Mulher é presa por tráfico de drogas em Caxias 

 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros