Confira três dicas de elegância de Regyna Queiroz Gazzola - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Elegante em tempo integral16/08/2019 | 17h22Atualizada em 16/08/2019 | 17h22

Confira três dicas de elegância de Regyna Queiroz Gazzola

Escritora e mestre em etiqueta responde três perguntas sobre o tema

Confira três dicas de elegância de Regyna Queiroz Gazzola Jair Fransceschini/Divulgação
Foto: Jair Fransceschini / Divulgação

Convidamos a escritora e mestre em etiqueta para abordar algumas questões bem pontuais. Elegante em tempo integral, Regyna de Queiroz Gazzola responde três perguntas sobre o tema. Confira:

Quais são as responsabilidades de um convidado de todo o tipo de evento?
Pontualidade, sempre. Conforme o estilo do convite, apresentar-se vestido com o dress code solicitado. Se a recepção ocorrer na casa do anfitrião, é elegante levar um vinho ou espumante para quem o convidou, bem como bombons para o casal ou flores para a anfitriã. Nunca seja o último a sair da festividade, jantar ou outro tipo de evento. Sempre que for convidado para uma recepção, e no rodapé do convite está escrito R.S.V.P., você tem a obrigação em dar retorno. Lembre-se de que o convite é uma deferência e o anfitrião investiu para recebê-lo, seja para a inauguração de uma loja ou uma celebração social.

Qual a importância da pontualidade no dia-a-dia?
A pontualidade é um dos pontos principais da boa educação e da elegância. Se é para uma reunião empresarial, pior é a gafe no atraso. Às vezes perguntam qual o tempo de tolerância para aguardar o início de uma reunião de negócios. A resposta é: nenhum. Em primeiro lugar, ir vestido de acordo com as normas da empresa que organiza a reunião. Pontualidade, sempre. Falar quando for solicitado. Para opinar, levantar o braço para lhe darem tempo, e nunca interromper quem está falando. Não ficar de conversinhas com quem está ao seu lado. Isso denota irreverência ou desrespeito. Nunca manusear o celular durante a reunião.

O presente de casamento: dinheiro ou lista de noivos na loja?
Há alguns anos, nunca foi cogitado solicitar dinheiro como presente de casamento. Nem listas em lojas eram feitas. Os noivos ficavam felizes com o que recebiam e, mais ainda, com as presenças. Depois vieram as listas, o que facilitou aos convidados na escolha do presente: se tinha a certeza de presentear com algo necessário ao casal. Depois surgiram os convites com pedidos apenas de dinheiro. A etiqueta moderna está se moldando em alguns aspectos e aceitando o que antes era só deselegante. Vamos dizer que surgiu essa modalidade pelo fato de alguns noivos já estarem vivendo juntos e terem a casa completa. Então a etiqueta do século 21 está aceitando, também, essa forma de presente.

Leia mais
Conheça um pouco da vida do jovem administrador caxiense Pedro Horn Sehbe

ESTILEIRA
Daniela Nesello, Fabiane Canali Fraga e Mirela Mezzalira, respectivamente nas fotos abaixo, ensinam elegância em forma de looks para uma festividade social em qualquer estação:

Mirela Mezzalira para a coluna de João Pulita no Almanaque
Foto: Leandro de Araújo / Divulgação
Fabiane Canali Fraga para a coluna de João Pulita no Almanaque.
Foto: Leandro de Araújo / Divulgação
Daniela Nesello para a coluna de João Pulita no Almanaque.
Foto: Leandro de Araújo / Divulgação

Leia também
Quem são e o que pensam os caxienses que têm o pensamento mais à direita
"Já converti várias feministas", diz caxiense que é fiel à tríade bolsonarista Deus, pátria e família
"Nem tanto à direita, nem tanto à esquerda", diz caxiense que defende o consenso
Trinta anos sem Raul Seixas: relembre a passagem do músico por Caxias do Sul um mês antes de morrer
Três dias de paz, amor e música: festival de Woodstock se iniciava há 50 anos

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros