Casa & Cia: conheça propostas de arquitetura que agregam adegas à decoração do living - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Enocultura09/08/2019 | 21h42Atualizada em 06/09/2019 | 17h32

Casa & Cia: conheça propostas de arquitetura que agregam adegas à decoração do living

Três propostas de arquitetas agregam adegas à decoração do living, valorizando o prazer de estar em casa

Casa & Cia: conheça propostas de arquitetura que agregam adegas à decoração do living Marcelo Donadussi/Divulgação
Sob a janela, cristaleira em marcenaria valoriza o conceito clean do projeto e permite o acesso à adega e à cervejeira Foto: Marcelo Donadussi / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Compactas e com tecnologias que permitem armazenar com menos consumo de energia elétrica e mais segurança vinhos de qualidade, as adegas estão cada vez mais presentes em projetos residenciais, agregando-se a um conceito de vida que dá ênfase à possibilidade de ter lazer em casa.
A ideia é agregar esse utilitário ao living, de forma harmoniosa, contribuindo para a decoração e a proposta de convívio nesses espaços. Três projetos selecionados para esta edição podem contribuir com ideias. O primeiro deles é assinado pela arquiteta Camila Cavalheiro, que misturou o clima litorâneo com o urbano em um living de 25m² em Florianópolis, Santa Catarina. O apartamento tem uma base cinza nas paredes e no porcelanato tipo concreto, complementada por tons de azul e outros elementos que trazem a tropicalidade para o espaço.

Um armário de marcenaria, no nicho sob a janela, abriga a cristaleira, a adega e uma cervejeira, solicitadas pelo casal. Complementos como tapete Killim indiano em lã e os quadros em tons de azul deram o toque de cor que remete, com a fibra natural e a madeira, ao clima tropical. A opção, neste projeto, foi embutir os eletros, que ficam ocultos pelo móvel quando não estão em uso, contribuindo para a atmosfera clean.

O mobiliário e os complementos mesclam-se entre os produzidos em série e os handmade, entre os materiais industrializados e os naturais. A ideia é trazer o equilíbrio entre a cidade e a praia.

Em um primeiro momento, a arquiteta, que estava retornando após anos vivendo em Barcelona, auxiliou o casal a distância, com ideias para o forro de gesso e para iluminação, que foi projetada indireta e linear. Posteriormente, já com residência fixada no Rio Grande do Sul, a profissional assumiu o projeto com a ideia de complementar o que já havia sido feito.

Projeto de Camila Cavalheiro para a seção Casa e Cia, no Almanaque.
Suavidade: o branco foi a opção para o banco da mesa, cadeiras e mesa de canto. Os quadros (impressões sobre linho, feitas com exclusividade) seguem a cartela suave. Luminárias em rattan feitas em BaliFoto: Marcelo Donadussi / Divulgação
Projeto de Camila Cavalheiro para a seção Casa e Cia, no Almanaque.
Personalidade: painel em toda a extensão da parede com ripas de madeira de tauari cortadas, encaixadas e coladas sobre a base branca, dialoga com a madeira da mesa. Destaque, também, para a cadeira Wishbone (design clássico de Hans Wegner)Foto: Marcelo Donadussi / Divulgação

Variedade de acabamentos ajuda a compor

A arquiteta Adriane Karkow percebe a recorrência de projetos com adegas entre as demandas de seus clientes. Ela afirma que procura harmonizar o estilo da adega ao projeto como um todo, contando com uma diversidade de opções no mercado para este fim e marcas que executam a personalização.
Lâminas de madeiras nobres que revestem adegas, por exemplo, como a rádica, podem ser empregadas em outros móveis do ambiente, conferindo essa unidade.

– O conceito de adega em casa, junto ao convívio familiar, para o desfrute com os amigos, se mostra muito presente.

Projeto da arquiteta Adriane Karkow para a seção Casa e Cia, do Almanaque.
a cor vibrante aquece o ambiente, compondo com a cartela de cores dos vinhos rosés e tintos, uma analogia às preferências do proprietário deste apartamento, em CaxiasFoto: André Cavalheiro / Divulgação
Projeto da arquiteta Adriane Karkow para a seção Casa e Cia, do Almanaque.
o modelo de adega metalizado acompanha a cartela de cores acinzentadas do ambiente, permitindo fluidez e integração com o restante da decoraçãoFoto: Raphael Briest / Divulgação

Design de vinícolas

O mundo do vinho está cada vez mais conectado à arquitetura, utilizando-se desses elementos para valorizar e promover o produto final, bem como a paisagem rural tradicional. A afirmação é da arquiteta Andréia Belusso Corradi, autora da pesquisa Arquitetura de vinícolas: elementos para a elaboração de projetos, sob orientação da professora Ivanira Falcade. Tema de sua dissertação no Mestrado Profissional em Biotecnologia e Gestão Vitivinícola da UCS, o estudo teve como objetivo elencar diretrizes para instalações e modos de projetar vinícolas na região. 

A arquiteta destaca a importância de considerar a sustentabilidade, levando em conta os contextos cultural, ambiental e paisagístico. A partir de entrevistas no setor, Andréia constatou que há satisfação com a funcionalidade dos espaços, mas fatores como sustentabilidade e preocupação com  o entorno imediato deixam a  desejar na região, o que evidencia a importância dos profissionais de arquitetura nesse contexto.

Acessórios criativos para bebidas

Tem um amigo apaixonado por vinhos? Então escolha uma adega que combine com o estilo dele (e da cozinha ou área gourmet de sua casa). Modelos para armazenar uma ou três garrafas são os mais comuns e fáceis de compor na decoração. Uma sugestão é utilizar a opção Cube, adega unitária fixada à parede, que pode assumir várias composições criativas, para quantas garrafas se desejar.

Já para os amantes da cerveja, o suporte Roller alia design e funcionalidade, conferindo um toque especial na decoração da cozinha. Ele tem um sistema giratório eficiente e durável para acomodar latinhas de bebida (até 350 ml cada) dentro e fora do refrigerador, no dia a dia ou nos eventos. 

As novidades são assinadas pela Masutti Copat. De Bento Gonçalves, a empresa está entre as expoentes em design e inovação para atender às diferentes tendências. Confira lojas físicas e virtuais em www.masutticopat.com.br. 

 Leia também
Infância fora da caixa: famílias caxienses falam sobre os desafios de educar crianças com altas habilidades e superdotação
Big band paulista Bixiga 70 se apresenta em Caxias do Sul neste sábado
Tríssia Ordovás Sartori: Regar as violetas (ou quase isso)
Museu Nacional do Imigrante, em Caxias, recebe recital de Windsor Osinaga, neste domingo 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros