André Costantin: Joice - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião15/08/2019 | 07h00Atualizada em 15/08/2019 | 08h34

André Costantin: Joice

(das conversas com urubus)

André Costantin
André Costantin

andre@transe.com.br

Desde que entrei a conversar com os urubus de Monte Bérico, onde também moro, tem faltado – além da sanidade mental, acusa um leitor – uma possível voz feminina nesses diálogos. Pois ontem, apareceu esse traço: Joice.

Joice apresentou-se pelo WhatsApp. Pareceu-me um bom nome para um(a) urubu imaginária. Assim, temos, nestas conversas: eu, Sr. Carlos André, humano e narrador; meus dois amigos urubus, Urutau e Alfredo; e, agora, Joice, minha urubu mental.

Leia mais
André Costantin: um terço do fim
André Costantin: italianismo

Interessante que o encontro inaugural entre Joice e Eu se deu nas imediações do trevo de Monte Bérico, capital regional da macumba, onde de costume vejo meus dois interlocutores urubus, feitos de carne e osso. Eu dirigia até a minha casa, rumo à banal epopeia do conserto do meu telefone fixo, em coma há mais de um ano.

– Oi. Eu sou a Joice, a inteligência artificial da Oi, e tenho um recado para você. O técnico já está a caminho para realização do REPARO. Você pode ver quem é acessando o link...” (Horas antes, eu, Carlos, havia feito a romaria do 0800, sendo atendido por outro ser virtual, Eduardo, que inclusive imitava o som das teclas do computador entre uma fala e outra; Eduardo consumiu 12 minutos da minha vida, não totalmente, porque usei aquele tempo no banheiro, até ser apresentado a uma atendente real, de quem não gravei o nome).

Respondo no Whats – Joice, posso esperar no endereço até às 16:30hs. (Joice escrevia corretamente, acentos, verbos e tal. Joice é clássica, pensei. Até que...)

– Sr. Carlos, pra qual produto você deseja atendimento? 1.Intenet 2.Fixo 3.TV 4.Celular...

O “pra”, embora não seja um erro, me decepcionou pelo estilo. Além de que Joice já começava a misturar as coisas.

– Joice, você leu minha mensagem? Só posso aguardar até às 16:30hs!

– Pra qual produto você deseja atendimento? 1.Internet...

– Joice, estou comunicando que posso esperar até às 16:30hs. (senti um delay)

– Carlos, não entendi muito bem. Pode repetir pra mim, por favor, com frases curtas? Consigo te ajudar com mais precisão quando você manda um assunto por vez. (uma carinha de sorriso encerra a mensagem)

O resultado da jornada foi o que sempre é, acaso e caos. Surgem dois técnicos, nenhum deles batia com a foto enviada por Joice. O drama da incomunicabilidade se estendeu até às seis da tarde, entre postes, fios e mensagens. Não foi possível fazer o REPARO; será necessário outro técnico, o que cuida das linhas(!).

Mas já me apeguei a Joice, minha nova amiga, urubu cibernética.

Leia também
VÍDEO: veja o trailer da série "Desalma", gravada na Serra
Caxias recebe o drama francês "Amanda"
Encontro de sabores e saberes culinários, 3º Garibaldi Gastrô se inicia nesta quinta-feira

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros