Nivaldo Pereira: parabéns a você - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião26/07/2019 | 16h21Atualizada em 26/07/2019 | 16h21

Nivaldo Pereira: parabéns a você

Não importa a cultura, celebramos a vida fluindo por meio de nós, como Leão o faz

Nivaldo Pereira: parabéns a você Luan Zuchi/
Foto: Luan Zuchi
Nivaldo Pereira
Nivaldo Pereira

nivaldope@uol.com.br

Sol brilhando em Leão, parabéns aos leoninos! Aliás, a palavra parabéns tem tudo a ver com a natural energia leonina de celebração do existir. Parabenizar alguém significa enaltecer seus feitos ou sua existência, numa atitude de generosa reverência – e é tarefa de Leão lidar com o devido reconhecimento por seus talentos e conquistas. Leão pensa: para que nasci, senão para viver a vida em sua grandeza, fazendo de cada dia uma festa e sendo agente dessa luminosa vibração? Em outras palavras, parabenizar uma pessoa de qualquer signo é reconhecer nela a sua porção criadora e amorosa, sua porção Leão.

Leia mais
Nivaldo Pereira: a tarefa de Simba
Nivaldo Pereira: o abraço do caranguejo

E quando somos parabenizados? Geralmente, no dia do nosso aniversário. Recebemos para-béns: para o bem, mais um ano se abre, reafirmando o valor do nosso nascimento. É quando o Sol atinge a mesma posição no céu do dia em que viemos ao mundo. É dia de renascer. Dia de receber felicitações, de ficar feliz de graça, somente por ser como somos, por estarmos vivos. Parabéns a você, happy birthday, feliz cumpleãnos, bom anniversaire: não importa a cultura, celebramos a vida fluindo por meio de nós, como Leão o faz.

Algumas pessoas não gostam dos aniversários, e deve haver razões para isso. No entanto, é problemática a negação total da celebração do si mesmo. Que vida teremos sem um pingo de amor próprio? Uma coisa é o desvio egocêntrico de se sentir o centro do universo e vaidosamente se achar superior aos demais (tentação que ronda muitos leoninos); outra coisa é achar o tom do próprio valor, sem o qual o contentamento fica difícil. E que vida teremos sem alegria?

Por isso, importa acolher também os parabéns no cotidiano. Celebrar pequenas conquistas e reavivar o dom que nos torna originais. Admitir que, assim como temos digitais únicas, também temos uma marca pessoal intransferível, temos artes e ofícios que podem fazer a diferença no coletivo. Sim, somos todos distintos, ainda que parecidos na condição humana. E nessa abençoada diferença, surge nossa luz própria.

Sob o Sol de Leão, que tal dar parabéns a cada pessoa que contribua para iluminar e colorir o nosso mundo?

Leia também
Concertos ao Entardecer terá cantora norte-americana em recital com piano e clarinete em Caxias do Sul
The Beatles no Acordeon traz show renovado a Caxias do Sul neste domingo
Henrique Zattera lança seu primeiro álbum com show neste domingo, em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros