Natalia Borges Polesso lança o primeiro romance da carreira, nesta sexta, em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Literatura16/07/2019 | 08h00Atualizada em 16/07/2019 | 15h19

Natalia Borges Polesso lança o primeiro romance da carreira, nesta sexta, em Caxias

"Controle" terá sessão de autógrafos na Livraria Do Arco da Velha

Natalia Borges Polesso lança o primeiro romance da carreira, nesta sexta, em Caxias Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Não é exagero afirmar que Natalia Borges Polesso é um dos principais nomes da literatura gaúcha na atualidade. E não apenas pela irreverência narrativa ou pela coragem de dar protagonismo às mulheres lésbicas. Afinal, em apenas seis anos desde sua primeira publicação solo, a autora conquistou os prêmios Açorianos (2013) e Jabuti (2016), além de figurar na antologia chilena Bogotá39, que reúne os escritores jovens mais promissores da América Latina.

Com reconhecimento nacional e dezenas de contos, crônicas e poesias na bagagem, faltava a Natalia outro passo na consolidação de sua trajetória: mergulhar na profundidade que somente um romance é capaz de suportar. Tal lacuna será preenchida nesta semana, com o lançamento de Controle, obra com sessão de autógrafos nesta sexta (19), na livraria Do Arco da Velha.

O livro conta a história de Maria Fernanda, epilética desde a infância e rodeada de cuidados da família. O contraponto à rigidez surge com Joana, a amiga que transborda espontaneidade e logo se torna uma paixão avassaladora. É importante ressaltar, no entanto, que Controle não foca apenas na homossexualidade da protagonista. São muitos os dilemas em debate.

— A sexualidade não é o ponto central. Maria Fernanda é uma pessoa com epilepsia, que cresceu cercada de regras e tensões. Sobretudo, é uma história que aborda a necessidade de romper com nossas cascas protetoras, de como lidar com o próprio corpo, com os desejos, com os instintos reprimidos — explica a autora de 37 anos, natural de Bento Gonçalves e radicada em Caxias desde 1998.

Como bem pontua Carola Saavedra no texto de apresentação, “raros escritores transitam com a mesma desenvoltura entre o conto e o romance. Natalia Borges Polesso é um desses casos”. E é fundamental que o leitor saiba: nas mais de 170 páginas de Controle, saltam aos olhos a força narrativa dos contos e a profundidade dos romances.

Cada capítulo traz descobertas, situações que sacodem os rumos da história, clímaces e desfechos (ou seriam recomeços?). É como se a autora nos oferecesse um álbum de fotografias com múltiplas cenas e rostos. Nem tudo é dito, nem tudo é mostrado: o texto nos deixa livres para sofrer com as inseguranças dos personagens, compartilhar o medo de quebrar as cascas protetoras que a vida impõe, descobrir juntos a ternura do amor e a insensatez das paixões.

Ao entregar o primeiro romance, Natalia Borges Polesso abandona o status de “promessa”. Afinal, a potência narrativa e a densidade das figuras humanas de Controle a colocam na galeria das vozes literárias essenciais de nosso tempo. Seu texto não comporta distrações ou floreios. Natalia é urgente, é literatura geracional.

PROGRAME-SE
:: O quê:
lançamento do romance Controle, de Natalia Borges Polesso.
:: Quando: nesta sexta (19), às 19h.
:: Onde: Do Arco da Velha Livraria & Café (Rua Dr. Montaury, 1570).
:: Quanto: livro à venda por R$ 44,90.
:: Informações: pelo telefone (54) 3028-1744.

:: Na capital Controle também terá sessão de autógrafos em Porto Alegre. O lançamento será na Livraria Baleia (Rua Cel. Fernando Machado, 85), neste sábado (20), a partir das 17h30min. 

Leia também:
Sócia do Clube do Fotógrafo de Caxias vence  Bienal de Arte Fotográfica Brasileira em Cores
Agenda: programação de férias do Quindim se inicia nesta quarta
21ª Feijoada do Pulita: veja quem passou pelo evento

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros