Frei Jaime: qualquer sacrifício vale a pena - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião27/07/2019 | 06h30Atualizada em 27/07/2019 | 06h30

Frei Jaime: qualquer sacrifício vale a pena

A vida experimenta diariamente diferentes situações

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! O sábado normalmente inicia silenciosamente, chega de mansinho para oportunizar leveza e paz... viver é muito bom... é bem verdade que sempre tem alguma coisa para administrar... mas nem os problemas conseguem roubar o nosso desejo de mais vida e maior entusiasmo! Feliz sábado! 

"Sabe quando a areia está quente, mas você não se importa porque está correndo para o mar? Viva assim em relação aos problemas que estão diante dos seus sonhos." 

A vida experimenta diariamente diferentes situações. A todo instante é necessário dar respostas e fazer encaminhamentos, além de sustentar as decisões que foram tomadas em outros tempos. Ter objetivos e sonhos é uma vantagem extraordinária, pois as energias são direcionadas e as realizações alcançam a realidade. Nem mesmo a areia quente impede a corrida em direção às águas do mar. Diante dos sonhos sempre surgem obstáculos, ruídos, cenários e adversidades: é preciso ser persistente ao ponto de não abrir mão da meta traçada. Muitas pessoas desistem com facilidade de seus sonhos. Basta aparecer uma contrariedade para o desânimo se impor e espantar as melhores buscas. O segredo está no jeito de viver: todos poderiam ter determinação e vigor.

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro  

Optar pela facilidade pode ser prático, num primeiro momento, mas as dificuldades, lá adiante, surgem sem piedade e distribuem consequências. Se a areia está quente, mas a direção é o frescor do mar, é possível suportar até altas temperaturas, pois estas serão praticamente passageiras. Qualquer sacrifício vale a pena, quando existe clareza em relação à busca maior. A pouca habilidade em lidar com problemas está cada vez mais evidente. A tolerância e a aceitação de alguns fracassos são praticamente inexistentes. As facilidades da tecnologia não conseguiram cimentar decisões, nem provocar maior resistência diante das provações. Inclusive há quem desiste facilmente de viver, se alguma frustração for um pouco prolongada. A fragilidade emocional não tem ajudado na formação de pessoas decididas e corajosas. O medo tranca janelas, portas e corações. Mas o mar continua proporcionando o frescor do corpo e da alma. O segredo é saber viver. 

Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!    

 Leia também
Projeto que torna bancas de jornais e revistas patrimônio imaterial segue sem previsão para votação
Municípios da Serra organizam programação especial para o Dia do Colono e do Motorista
Infrações por falta do uso do cinto de segurança crescem 177% em Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros