Frei Jaime: o passar dos dias torna-se oportunidade para compreender a vida  - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião19/07/2019 | 04h58Atualizada em 19/07/2019 | 04h58

Frei Jaime: o passar dos dias torna-se oportunidade para compreender a vida 

A convivência, evidentemente, sempre será o maior dos desafios

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A sexta-feira vai chegando e traz boas notícias: anuncia a chegada do final de semana... Para alguns, período de férias escolares! Que não seja apenas mais um dia, mas uma jornada de muitas oportunidades... Gratidão por este dia 19 de julho, véspera de uma data muito especial: dia do amigo, da amizade! 

A maturidade me ensinou que as pessoas são o que elas são e pronto.” (Jey Leonardo).

Leia mais
Quer ler mais textos do Frei Jaime?
Clique para conferir textos dos colunistas do Pioneiro  

 O passar dos dias torna-se oportunidade para compreender a vida e aceitar as pessoas assim como elas são. A convivência, evidentemente, sempre será o maior dos desafios. As diferenças podem ser amenizadas com o cultivo da humildade. Pessoas simples, agradecidas e humildes se dão bem em qualquer ambiente. O difícil é estar, lado a lado, com quem deseja ter sempre a última palavra e se coloca acima dos demais, quer seja pela aparência ou pela racionalidade. O desenvolvimento tecnológico é visível e louvável. 

O mundo facilitou muitas coisas e eliminou a maior parte das distâncias. Porém, nem todos os avanços estão contribuindo para que a paz se estabeleça no coração e nas relações. Em alguns momentos, pode ocorrer uma expectativa maior do que a própria realidade é capaz de suportar. Esperar muito das pessoas é um risco gerador de decepções. Ninguém consegue sustentar, por muito tempo, uma aparência sem essência. As pessoas são o que elas são e pronto. É evidente que as transformações ocorrem, quando há um desejo de efetivar melhorias existenciais. 

A maior dificuldade não está no fazer, mas no ser. Investir nos valores que humanizam é a missão de todos. Se o olhar, por um longo tempo, permaneceu direcionado à tecnologia, agora é hora de redesenhar o coração humano e dar a oportunidade de retoques e de novas tonalidades. É urgente abrir mão do fascínio por coisas materiais e buscar a simplicidade do cotidiano, distantes da pressa e do consumismo. Ao invés de esperar muito das pessoas, compreender que cada um é o que é. Vive melhor quem não tem exageradas expectativas em relação aos outros.

 O importante é não esquecer que todos são humanos, com suas qualidades e com seus limites, mas com um digno sonho de felicidade. Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!                 
Leia também
Defensores de Chico Guerra no caso do "corretivo" usaram imunidade parlamentar como argumento
Estado pede mais esclarecimentos sobre ocupação da Maesa à prefeitura de Caxias
Nova delegacia da Polícia Civil em Farroupilha deve ser inaugurada até o final do ano
 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros