Cia. Municipal de Dança estreia novo espetáculo nesta sexta, em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Dança18/07/2019 | 16h23Atualizada em 18/07/2019 | 16h23

Cia. Municipal de Dança estreia novo espetáculo nesta sexta, em Caxias

"Corpologias" será apresentado às 20h, na Casa da Cultura

Cia. Municipal de Dança estreia novo espetáculo nesta sexta, em Caxias Matheus Brusa/Divulgação
Foto: Matheus Brusa / Divulgação

Tensão muscular, gravidade, resistência e atrito. Mesmo que nunca vejamos e raramente sentimos, essas quatro forças afetam diretamente os movimentos humanos, num duelo constante entre rigidez e flexibilidade. Pois bem, é  justamente esse contraponto que conduz os intérpretes da Cia. Municipal de Dança no espetáculo Corpologias, que será apresentado ao público pela primeira vez nesta sexta (19), no Teatro Pedro Paranti.

Em cena, 12 bailarinos coreografados e dirigidos por Matheus Brusa, fruto de uma pesquisa didático-artística iniciada ainda em 2009. Foi naquele ano que Tabata Faé, professora e integrante da companhia, enfrentou carência de cálcio no organismo, o que deixava os ossos mais frágeis e suscetíveis a fraturas. Brusa transformou o problema em arte, concebendo o solo Osteócitos, que ficou em cartaz por algum tempo e foi readaptado em 2013 para o grupo Articulações, da UCS. Desde então, o trabalho ganhou força e passou a contemplar outros aspectos da anatomia.

— Começamos a desenvolver um trabalho artístico em cima das matérias científicas do curso de dança. Primeiro coreografamos o estudo dos ossos, depois vieram os músculos e as outras matérias, até chegarmos em Corpologias, que engloba o corpo como um todo — explica Brusa, que desde janeiro atua na direção artística da companhia e também assina cenografia, trilha sonora, iluminação e arte gráfica do espetáculo.

Corpologias conta ainda com consultoria científica de Mônica Melo, professora de Ciências do Movimento na UCS, que fez uma avaliação postural de cada intérprete por meio de fotogrametria. Um esforço para mapear as características psicomotoras de cada intérprete e mesclar suas bagagens pessoais à proposta coletiva.

— Cada um deles pode reconhecer a própria consciência anatômica, e eu passei a conhecer meu elenco com maior profundidade, facilitando o diálogo (do espetáculo) com os momentos individuais. Somos anatomicamente contemporâneos, porque somos flexíveis e cada vez mais adaptáveis — finaliza.

PROGRAME-SE
:: O quê:
espetáculo Corpologias, da Cia. Municipal de Dança.
:: Quando: nesta sexta (19), às 20h.
:: Duração: 40 minutos.
:: Onde: Teatro Pedro Parenti, na Casa da Cultura (Rua Dr. Montaury, 1333).
:: Quanto: 1 kg de alimento ou um agasalho para doação.
:: Informações: pelo telefone (54) 3901-1316.
:: Outras sessões: Corpologias será reapresentado em outubro, na programação da Feira do Livro. Antes disso, no dia 9 de agosto, o espetáculo retorna à Casa da Cultura em formato híbrido, numa fusão com a dança contemporânea do bailarino Diego Santos.

Leia também:
Concerto Quinta Sinfônica com Mozart e Strauss
Bento Gonçalves terá programação solidária Rock do Bem
Festival Vinodeiro leva atrações como carne de cordeiro e vinho a Torres

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros