Grupo de Teatro (A)Temporal dá início a turnê pela Serra gaúcha neste domingo, em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Espetáculo14/06/2019 | 08h00Atualizada em 14/06/2019 | 08h00

Grupo de Teatro (A)Temporal dá início a turnê pela Serra gaúcha neste domingo, em Caxias

Atração é a montagem "Vim Buscá-lo", que busca refletir sobre o envelhecimento

Grupo de Teatro (A)Temporal dá início a turnê pela Serra gaúcha neste domingo, em Caxias Ana Júlia Griguol/Divulgação
João Perozzo e outros cinco atores compõe o grupo independente de teatro Foto: Ana Júlia Griguol / Divulgação

Você está preparado para lidar com o envelhecimento? Essa é a reflexão que o Grupo de Teatro (A)temporal quer promover com a peça Vim Buscá-lo, que será apresentada neste domingo na Sala de Teatro Prof. Valentim Lazzarotto, no Centro de Cultura Ordovás. Fundado há quatro anos, o coletivo caxiense é composto pelas atrizes Betina Scholl, Júlia Aguiar e Ketlim Favero; e pelos atores César Régis, João Perozzo e Rui Romanini.

— O grupo se conheceu em 2012, quando participávamos de algumas oficinas de teatro. Em 2015, nós nos reencontramos e decidimos fundar esse grupo independente de teatro. Com a criação do grupo começamos a pensar em escrever nossas peças, como a gente é bem antenado no mundo que nos cerca, queremos trazer para o palco assuntos que merecem ser debatidos na nossa visão. A ideia é que por meio dos nossos espetáculos as pessoas reflitam sobre os temas. Queremos que elas se sintam incomodas pelas provocações que fazemos— explica João Perozzo. 

A apresentação deste domingo marca o pontapé inicial da turnê independente promovida pelo grupo, que irá passar por Flores da Cunha (em 6 de julho) e Garibaldi (em 31 de agosto). Escrita de forma coletiva —com participação igualitária de todos os membros do grupo— e direção do chileno Christian Beltrán, Vim Buscá-lo quer desmistificar a concepção negativa  associada ao envelhecimento, ao mesmo tempo em que discute as relações entre jovens e idosos. 

— Queremos mostrar que as pessoas estão redescobrindo o envelhecimento. A ideia da peça é abraçar esse processo e revelar que ele é algo natural e saudável. Para além disso, desejamos mostrar como as relações são importantes na vida das pessoas, principalmente com a chegada da idade — afirma o ator.

Sem contar com apoio do poder público ou iniciativa privada, os recursos para custear as apresentações fora de Caxias do Sul vem dos valores arrecadados com a bilheteria de outros espetáculos encenados pelo grupo ao longo do ano passado. Animado com as apresentações, João revela que o grupo espera prorrogar a turnê e levar o espetáculo para outras mais cidades da Serra gaúcha.

PROGRAME-SE
O quê:
turnê da peça Vim buscá-lo, do Grupo de Teatro (A)temporal, pela Serra Gaúcha.
Quando: domingo, às 18h.
Quanto: ingressos custam R$ 30 e R$ 15 (meia), à venda pelas redes sociais no @teatroatemporal.
Onde: na Sala de Teatro Prof. Valentim Lazzarotto, no Centro de Cultura Ordovás, em Caxias.

Leia também:  
Não foi ao Circo Fantástico que está em Caxias? Atração prorrogou a estadia. Confira ingressos
Projeto pretende levar grafite a espaços ocupados por moradores de rua em Caxias


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros