Novo museu de Farroupilha celebra imigrantes italianos e produção de uva e vinho - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória24/05/2019 | 13h00Atualizada em 24/05/2019 | 13h00

Novo museu de Farroupilha celebra imigrantes italianos e produção de uva e vinho

Sala de exposições está localizada no Parque da Imigração, em Nova Milano

Novo museu de Farroupilha celebra imigrantes italianos e produção de uva e vinho Antonio Valiente/Agencia RBS
Exposição inaugural reúne objetos utilizados na produção vitivinícola, além de ressaltar religiosidade dos imigrantes Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

Garrafões empalhados com vime, ferramentas utilizadas na produção vitivinícola, rótulos de produtos locais, imagens sacras e documentos antigos. A ambientação do recém-inaugurado Museu da Imigração Italiana, da Uva e do Vinho, em Nova Milano, é capaz de transportar os visitantes às cantinas que tão bem simbolizam a herança cultural da Serra.

Localizado às margens da ERS-122, junto ao Parque do Centenário da Imigração Italiana, o espaço foi concebido para celebrar a história da colonização, o modo de vida das famílias que atravessaram o Atlântico em busca da Cocagna e as memórias afetivas que seguem vivas nos descendentes. Além, é claro, de se apresentar como nova opção de lazer para os moradores da região.

 NOVA MILANO, RS, BRASIL (15/05/2019)Museu da imigração Italiana, Uva e Vinho inaugurou na última semana em Nova Milano. (Antonio Valiente/Agência RBS)
Novo museu está localizado junto ao Parque da Imigração Italiana, em Nova MilanoFoto: Antonio Valiente / Agencia RBS

— Por mais que o museu seja voltado à imigração italiana, à uva e ao vinho, a ideia é que seja um espaço de convivência, inclusive com abertura para outros temas. Depois dessa primeira mostra, que segue até 9 de junho, queremos abrigar outras expressões culturais e tipos de arte, sob a coordenação da Casa de Cultura, que ficará responsável pela avaliação das propostas e pelas exposições — ressalta Francis Casali, secretário de Turismo e Cultura de Farroupilha.

Vale salientar que a escolha de Nova Milano para sediar o museu não foi obra do acaso. Afinal, foi no atual 4º distrito de Farroupilha que se estabeleceram as primeiras famílias de imigrantes, em maio de 1875, o que rendeu à comunidade a alcunha de “berço da imigração italiana no Rio Grande do Sul”.

 NOVA MILANO, RS, BRASIL (15/05/2019)Museu da imigração Italiana, Uva e Vinho inaugurou na última semana em Nova Milano. (Antonio Valiente/Agência RBS)
Documentos, fotos antigas e rótulos de produtos locais estão entre os itens exibidosFoto: Antonio Valiente / Agencia RBS

Com 150 metros quadrados de área construída, o novo espaço conta com sala de exposições, banheiros acessíveis e espaço para implantação de um café, que funcionará aos finais de semana para atender ao público do museu e do parque. As obras custaram R$ 252 mil, viabilizadas com recurso de emenda parlamentar e contrapartida municipal.

O Museu da Imigração funciona aos finais de semana e se torna o terceiro espaço de memória de Farroupilha. Os outros dois são o Museu Casal Moschetti (casarão no centro da cidade que abriga objetos que pertenceram a Lydia Moschetti, imigrante que dedicou boa parte da vida ao trabalho assistencial) e o Museu Municipal Casa de Pedra (que preserva a arquitetura típica da imigração italiana na Serra e exibe utensílios domésticos e agrícolas do século 19) – ambos com funcionamento de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Museu da Imigração Italiana, da Uva e do Vinho
:: Endereço:
km 55 da ERS-122, em Nova Milano, junto ao Parque da Imigração Italiana.
:: Visitação: aos sábados e domingos, das 14h às 18h.
:: Quanto: entrada gratuita.
:: Contato: pelos telefones (54) 3261-6995 e (54) 9 9625-5911.

Leia também:
Coordenação dos cursos de Artes Visuais da UCS repudia ação da Guarda Municipal contra Elichat
Agenda: Nenhum de Nós faz show em 31 de agosto, no UCS Teatro
Na cozinha: você não vai querer perder essa torta de frango com cream cheese

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros