Frei Jaime: antes de curar alguém   - Cultura e Tendência - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião09/05/2019 | 05h09Atualizada em 09/05/2019 | 05h09

Frei Jaime: antes de curar alguém  

A vida sempre será o maior presente 

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

Bom Dia! A quinta-feira amanhece lentamente... O tempo não se apressa e nem se retarda... O tempo sabe fazer, com excelência, uma coisa: passar! Enquanto ele passa, a maturidade nos abraça ternamente... Vamos lá! 

Antes de curar alguém, pergunta-lhe se está disposto a desistir das coisas que o fizeram adoecer.” (Hipócrates). 

A vida sempre será o maior presente. Onde está a vida está também a possibilidade da felicidade. As buscas sempre serão contínuas, mas os resultados, cedo ou tarde, podem surpreender. Nenhum semeador pode colher se não lançar as sementes. Há uma fase na vida onde os investimentos são altíssimos, principalmente no que diz respeito às metas e aos sonhos. Para viver bem é muito importante, além de ter algumas coisas materiais, ser capaz de carregar consigo uma bagagem repleta de experiências, de conhecimento e de compreensão do mundo. A vida só é plena quando há clarezas existenciais. A grande maioria não sabe muito bem o que veio fazer neste mundo, além de não ter consciência da transitoriedade, isto é, que todos, um dia, vão ter que partir. 

A falta de ideal pode impor uma certa anemia às energias do cotidiano. Como ter entusiasmo se não tem capacidade de olhar para o horizonte? Como alcançar o que busca se deseja continuar abraçado à acomodação? Com o passar do tempo, as pessoas que não interagem acabam adoecendo, fechando, desta forma, as cortinas do palco da vida. Às vezes são simples detalhes que, no somatório, podem espantar a saúde emocional, espiritual e física. Alguns não querem ser curados, pois não aceitam extrair de dentro de si as lamentações e o pessimismo. Não é tarefa fácil encontrar pessoas que queiram desistir das coisas que as tornaram doentes. 

A cura até passa por determinados milagres, mas o maior milagre é ainda a força de vontade, a disposição de combater os vírus da indiferença e da falta de vigor. Os outros até podem auxiliar, mas quando a pessoa não se ajuda, o tratamento é praticamente em vão. Na maior parte das vezes, o adoecer é um processo lento e disfarçado. O melhor tratamento ainda reside na capacidade de desistir de tudo o que não soma e não agrega esperança. Viver é simplesmente formidável. Bênção! Paz & Bem! Santa Alegria! Abraço!                
 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros